A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

20/08/2009 07:40

Chuva superou em 120% o índice esperado para o mês

Redação

A chuva que caiu do inicio da tarde de ontem e nesta madrugada em Campo Grande superou a média histórica do mês de agosto. Já são quase 20 horas de tempo chuvoso.

A alteração climática é provocada pela frente fria que se concentra na região Sudoeste do País, causando áreas de instabilidade.

Segundo o metereologista Natálio Abrão, do Centro Meteorológico da Anhanguera/Uniderp, das 13 horas de ontem a 3h35 de hoje, foram registrados 54 milímetros de chuva.

Em quatro dias na Capital foram 83 milímetros, situação não vista há quase nove anos, diz o especialista. O índice corresponde a 120% do esperado para o mês. Natálio ressalta que a média histórica do período é de 38,02%.

Os meses de junho, julho e agosto são tradicionalmente de estiagem, esse tipo de tempo era esperado para o verão.

A chuva que deve cair em todo Estado nesta sexta-feira, dará trégua apenas no sábado, mas voltará na próxima semana.

Trovoadas - Além da chuva, a queda de raios também superou os registros dos anos anteriores. Neste mês são 7 horas de raio e trovões, o dobro do normalmente registrado.

De acordo com o metereologista, normalmente há um baixo registro nos meses julho e agosto, mas este ano já foram registradas mais de 200 raios na Capital, que tem risco dobrado à população pela alta incidência nessa região do País.

Apesar da chuva forte, a Defesa Civil municipal não registrou nenhuma ocorrência específica relacionada à tempestade.

Já o Corpo de Bombeiros registrou ontem (19) duas chamadas de alagamento em residências, uma nas Moreninhas e outra no Alves Pereira. Nesta última, uma casa na rua Osvaldo Aranha foi inundada com água do esgoto da rua.

Durante a noite, a queda de duas árvores de grande porte, uma no bairro Marcos Roberto às 19h45, e outra no Santa Fé, às 20h11, obstruiu o trânsito na rua das Bandeiras e na Abrão Júlio Rahe. O local só foi liberado depois que os Bombeiros cortaram os galhos e removeram as árvores.

Ontem de madrugada, na região da saída para Cuiabá, houve chuva de granizo, que provocou algumas telhas quebradas.

No Estado, os termômetros registram queda na temperatura com máxima de 31°C e mínima de 13°C. Em Campo Grande, a máxima não deve ultrapassar os 26°c e mínima chegou aos 16°C.

Mega-Sena sorteia bolada acumulada em R$ 20 milhões nesta quarta-feira
A Mega-Sena vai sortear na noite desta quarta-feira (24), após quatro sorteios sem vencedor do prêmio principal, a bolada acumulada em R$ 20 milhões....
UEMS abre período de rematrículas; prazo vai até o dia 3 de fevereiro
Já foi aberto pela UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) o período para rematrículas dos acadêmicos da para o ano letivo de 2018. O praz...
Encomendas enviadas pelos Correios poderão ser rastreadas pelo CPF
A partir de quinta-feira (25) usuários de serviços postais dos Correios poderão acompanhar suas encomendas informando apenas os números do CPF ou do ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions