A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/03/2009 12:32

Cimi denuncia abuso policial em aldeia de Dourados

Redação

O Cimi (Conselho Indigenista Missionário) denunciou que a prisão de indígenas na aldeia de Paso Piraju, no último dia 12 de fevereiro, em Dourados, foi marcada por abuso por parte dos policiais.

Na ocasião, foram presos o líder da comunidade Carlitos de Oliveira, Plácida Brites (esposa de Carlitos), Estevão Duarte e Nilson Duarte. Eles são acusados de furtar eletrodomésticos do pesqueiro "Rancho e Lazer: Toca do Lobo", que pertence ao policial militar Persilio Paes da Costa.

De acordo com o Cimi, policiais militares e civis, de posse de um mandado judicial, chegaram à aldeia em cinco camburões, por volta das 6h. Conforme a denúncia, durante três horas de ação, os policiais quebraram as portas das casas dos indígenas, além de destruírem objetos como ventiladores, televisores, fogão, guarda roupa e celulares.

Os índios também relataram que receberam tapas e foram ofendidos. Segundo eles, a violência fez com que alguns policiais abandonassem a ação. Os indígenas encaminharam denúncia ao Cimi e MPF (Ministério Público Federal).

Caso

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions