A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/09/2010 17:15

Ciptran multou 5 motoristas pela Lei da Cadeirinha

Redação

Cinco motoristas foram notificados pela Ciptran (Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito) até esta quinta-feira pela falta de uso da cadeirinha para transporte de crianças. A fiscalização concentra-se principalmente na área central de Campo Grande.

Os agentes da Ciptran têm realizado fiscalizações em frente a escolas da Capital, localizados no centro da cidade.

"Estamos priorizando a entrada e saída dos alunos na escola. Junto com a fiscalização, fazemos orientações para que os equipamentos sejam instalados adequadamente", explica Paulo Renato Souza, responsável pela fiscalização da lei da cadeirinha.

Crianças com até sete anos e meio deverão ser transportadas obrigatoriamente no banco traseiro utilizando o dispositivo de retenção. Para menores com até um ano de idade, a utilização do "bebê conforto ou conversível" é obrigatório.

Com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos, deverão utilizar obrigatoriamente a "cadeirinha". E crianças com idade entre quatro e sete anos e meio, devem usar o assento de elevação.

A partir da próxima semana, a Ciptran vai realizar fiscalizações nas proximidades do Shopping Campo Grande e bairros próximos. A legislação prevê multa de R$ 191,54, sete pontos na carteira de habilitação, além da retenção do veículo até a adequação de acordo com a exigência do equipamento.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions