A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018

11/04/2012 17:00

CNJ diz que TRT-MS cumpriu 4 metas, mas não criou unidade de gerenciamento

Nadyenka Castro

Entre as determinações havia uma específica sobre área trabalhista

TRT-MS não cumpriu uma das cinco metas. (Foto: João Garrigó)TRT-MS não cumpriu uma das cinco metas. (Foto: João Garrigó)

Dados do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) apontam que o TRT-MS 24ª Região (Tribunal Regional do Trabalho em Mato Grosso do Sul) não criou unidade de gerenciamento de projetos para auxiliar a implantação da gestão estratégica.

A unidade de gerenciamento era uma das metas estabelecidas pelo CNJ para cumprimento do Poder Judiciário em 2011. Esta foi a única determinação do Conselho não cumprida pelo TRT-MS, as demais, incluindo a específica para área trabalhista.

De acordo com o CNJ, 91,67% dos TRTs cumpriram a meta 1 e 8,33% não. A meta 1 era: Criar unidade de gerenciamento de projetos para auxiliar a implantação da gestão estratégica.

As determinações cumpridas pelo TRT-MS foram: Implantação do sistema de registro audiovisual de audiências em pelo menos uma unidade judiciária de primeiro grau em cada tribunal; julgar quantidade igual a de processos de conhecimento distribuídos em 2011 e parcela do estoque, com acompanhamento mensal; implantar pelo menos um programa de esclarecimento ao público sobre as funções, atividades e órgãos do Poder Judiciário em escolas ou quaisquer espaços públicos e a específica era: Criar um núcleo de apoio de execução.

As metas foram escolhidas por votação, pelos presidentes de todos os 91 tribunais brasileiros. Foram selecionadas quatro metas para todo Judiciário e metas específicas para cada segmento de Justiça – Trabalhista, Federal, Militar e Eleitoral, com exceção da Justiça Estadual



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions