A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/01/2008 10:30

Colônia Penal: Trad quer contrapartida para doar terreno

Redação

A doação do local onde está a Colônia Penal Agrícola de Campo Grande, que é da prefeitura, para o Governo do Estado, não deve sair de graça. O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, disse que vai conversar com o governador André Puccinelli e ouvir a proposta do Estado antes de tomar uma decisão. A doação é uma solicitação do Governo que quer construir no local um novo presídio para regime aberto e semi-aberto, com muros altos, cerca elétrica e uma infra-estrutura muito diferente da atual.

"Vamos conversar com o governador. Sabemos que é um problema. Eu quero ouvir se tem contrapartida", afirmou o prefeito. A intenção dele é de se encontrar ainda hoje com o governador.

A unidade de regime semi-aberto se tornou um problema que tem se arrastado pelos últimos anos. Com apenas dois agentes penitenciários por turno, o entra-e-sai é constante na Colônia. Presos deixam o local durante a noite para praticar crimes. Segundo o secretário Wantuir Brasil Jacini, os detentos da Colônia Penal foram responsáveis por 170 crimes entre os anos de 2006 e 2007.

Em todas as operações pente-fino, os policiais militares contabilizaram foragidos e encontraram bebidas alcoólicas, drogas, armas brancas, celulares e carregadores. Algumas vezes, eles encontraram dinheiro (que teria sido conseguido através de roubos e furtos) e prostitutas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions