A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

18/06/2018 14:50

Com tempo integral, escola estadual viu mais alunos entrarem em universidades

Diretor afirma que, com novo sistema, 80% dos estudantes chegaram ao Ensino Superior; unidade recebeu reforma de R$ 1,4 milhão

Humberto Marques e Anahi Gurgel
Escola Severino Ramos de Queiroz viu aumentar número de alunos em universidades com adoção do tempo integral, diz diretor. (Fotos: Fernando Antunes)Escola Severino Ramos de Queiroz viu aumentar número de alunos em universidades com adoção do tempo integral, diz diretor. (Fotos: Fernando Antunes)

Com a adoção do ensino em tempo integral, a Escola Estadual Severino Ramos de Queiroz passou a ver 80% dos estudantes do Ensino Médio ingressarem em universidades, sendo que mais de um quinto deles estão na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). A afirmação partiu do diretor da unidade, Júlio César Gonçalves da Silva, na tarde desta segunda-feira (18), durante entrega da reforma da unidade, bancada com recursos estaduais e federais.

“Quando a escola passou a ser de ensino integral, houve uma melhora significativa na qualidade de ensino”, afirmou o diretor, que na sequência apresentou os percentuais de aprovação. A unidade aderiu ao Escola de Autoria, modalidade de ensino em tempo integral seguido pelo Estado. “Temos 80% de ex-alunos cursando o ensino superior, sendo que 22% dos que terminaram o 3º ano do Ensino Médio estão na UFMS”, declarou.

Em discurso na entrega da reforma, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) destacou que mais de 30 escolas estaduais sul-mato-grossense passaram, desde 2014, a oferecer ensino em tempo integral, aderindo ao Escola de Autoria, “e tem proporcionado um ganho excepcional na qualidade do aprendizado, possibilitando inclusive o ingresso em universidades públicas”.

O governador destacou que, além de uma boa estrutura física, “é importante a metodologia adotada”, sendo meta para o setor “tornar Mato Grosso do Sul o melhor Estado em qualidade de ensino público do país”.

Reinaldo afirma que MS trabalha para ter a melhor educação pública do paísReinaldo afirma que MS trabalha para ter a melhor educação pública do país

Reforma – As obras na Escola Severino Ramos de Queiroz representam um investimento de R$ 1.456.966,11, com recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Iniciada em dezembro de 2017, a obra envolveu uma reforma geral, passando pela parte elétrica, adequação de salas para recebimento de aparelhos de ar condicionado e da cozinha; cobertura da quadra esportiva e construções de biblioteca e laboratório de informática.

Durante a solenidade, também foram entregues quatro aparelhos de ar-condicionados, adquiridos por meio de uma parceria entre escola e governo, e kits de bolas de futebol e vôlei destinados pela Fundesporte (Fundação do Esporte de Mato Grosso do Sul).

Além de Reinaldo e do corpo discente e docente da escola, participaram do ato o presidente da Assembleia, Junior Mochi (MDB), o deputado estadual Professor Rinaldo (PSDB), e os presidentes da Fetems (Federação dos Trabalhadores na Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, e da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública), Lucídio Nobre.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions