A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

29/10/2009 09:03

Comissão verifica em MS isolamento de chefes do crime

Redação

Integrantes da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados visitam nesta manhã o presídio federal de Campo Grande, com o objetivo de verificar o isolamento dos chefes do crime organizado.

Antes da vistoria, os deputados Marina Maggessi (PPS/RJ) e William Woo (PSDB-SP) se reúnem, às 10h, com o diretor-substituto da penitenciária, Ricardo Marques Sarto, com o diretor-substituto do Sistema Penitenciário Federal, Severino Moreira, e com o titular da 5ª Vara Federal de Campo Grande, juiz Dalton Igor Kita Conrado.

De acordo com Woo, o objetivo é conhecer o sistema e verificar se os principais chefes do crime organizado, que estão detidos em Campo Grande, estão isolados de forma adequada do mundo externo, já que a medida tem surtido efeito no combate à criminalidade.

Segundo o parlamentar, a deputada Marina Maggessi também já esteve em outros presídios, fazendo o mesmo tipo de verificação.

Ele destacou que a colega é experiente no assunto, já que foi chefe da inteligência da polícia do Rio de Janeiro.

A visita aos internos vai acontecer por volta das 11h30, segundo adiantou Woo. O deputado federal Waldemir Moka (PMDB-MS) deve acompanhar a visita.

Recentemente, 10 detentos de alta periculosidade foram transferidos para o presídio federal de Campo Grande. O prefeito da cidade, Nelsinho Trad (PMDB), e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) se posicionaram contra, o que pode ter relação com a visita da comissão à unidade penal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions