A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019

04/11/2018 13:43

Complexo, tema da redação fala de internet e pode confundir candidatos

Aposta para este ano era que o assunto da redação do Enem tivessem relação com fake news

Mayara Bueno
Estudantes na frente da Uniderp, na manhã deste domingo (dia 4). (Foto: Marina Pacheco).Estudantes na frente da Uniderp, na manhã deste domingo (dia 4). (Foto: Marina Pacheco).
Banner com tema da redação divulgado pelo MEC. (Arte: Divulgação MEC).Banner com tema da redação divulgado pelo MEC. (Arte: Divulgação MEC).

O tema da redação do Enem 2018 foi divulgado há pouco pelo MEC (Ministério da Educação). Os candidatos que fazem a prova na tarde deste domingo (dia 4) terão de fazer um texto dissertativo-argumentativo de 30 linhas sobre o assunto: manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet.

Especulado como é toda edição da prova, em 2018, uma das apostas girava em torno das famigeradas “fake news”, frase em inglês que em tradução literal para o português significa “notícias falsas”. O problema, no entanto, é que, embora exista correlação, os assuntos têm diferenças e podem confundir os estudantes se eles se ativerem, por exemplo, somente às fakes.

A manipulação que o tema trata levanta o assunto de direcionar certas notícias e dados para determinado público, com objetivo de manipular a opinião pública. Essa foi uma das polêmicas em torno da eleição de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, em 2016, e que persiste até hoje.

Na mesma toada, estão as fake news que ganharam ‘fama’ na eleição presidencial do Brasil, encerrada em 28 de outubro. Os eleitores tiveram de lidar com as notícias falsas divulgadas até a exaustão, ao passo que os envolvidos em informações falsas tiveram de desmentir na mesma velocidade. Há sites criados a partir do fenômeno, especializados em apontar a mentira, informando os dados corretos.

A confusão pode ocorrer neste ponto. Exemplo da mistura dos assuntos está na página do Facebook do MEC. Entre os comentários, há quem afirme que o tema da redação se trata de fake news e outras pessoas dizem que os assuntos são diferentes.

“Prevejo muita gente fugindo da questão principal, confundindo com FAKE NEWS. O lance de controle de dados é bem mais abrangente, envolve algoritmos e tal, privacidade”, diz um leitor. Outro responde ao post do MEC. “E não é Fake News?". "Depende da coletânea. Ela direciona em certo ponto a discussão. Sem saber o que a coletânea pede, não conseguimos falar de nada".

A divulgação do MEC foi apenas sobre o tema, mas os candidatos terão textos de apoio que apontam o foco específico da redação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions