A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/03/2008 13:16

CPI ouve hoje instituições de defesa dos índios

Redação

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) criada para investigar as causas e os responsáveis pela morte de crianças indígenas por desnutrição, ocorridas entre 2005 e 2007, em aldeias indígenas de Mato Grosso do Sul ouve nesta tarde representantes de instituições de defesa dos índios.

Estão previstos os depoimentos do presidente do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), dom Erwin Krautler; o diretor do Desai (Departamento de Saúde Indígena), Wanderley Guenka; e a representante da Funasa (Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Aline Caldas. Amanhã,  a CPI ouvirá o presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), Márcio Augusto Freitas de Meira.

A CPI foi criada diante do escândalo provocado pelas mortes de crianças indígenas caiuá, especialmente nas aldeias de Dourados, em grande parte provocadas pela desnutrição, por sua vez conseqüência da fome e da miséria. 

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions