A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/12/2008 10:21

Crimes completam mais um ano sem resposta ou punição

Redação

Casos que tiveram grande repercussão e tornaram-se tema de discussões de autoridades e cidadãos comuns passaram mais um ano sem respostas. Famílias sofrem, mas não perdem esperança de punição para os responsáveis. Três destes casos podem exemplificar o que aconteceu com muitos outros.

O Caso Motel, o desaparecimento de Dudu e a falta de explicações para o acidente em uma creche que deixou a menina Ana Vitória com paralisia cerebral, em outubro de 2007, em um Ceinf (Centro de Educação Infantil), de Campo Grande.

A morte do universitário Murilo Boarin Alcalde e da garota de programa Eliane Ortiz, completou três anos e meio em 2008. Os corpos foram encontrados em um quarto de motel e até hoje, nada pode ser afirmado em relação aonde, como e porque morreram. Nem sobre os responsáveis.

Após muitas audiências e alegações no decorrer de 2007 e 2008, o juiz Júlio Roberto Siqueira Cardoso, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, arquivou o processo, alegando provas insuficientes para levar os acusados a júri popular. Com isso, o caso voltou praticamente a estaca zero.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions