ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Criminosos cariocas terão 20 dias de isolamento absoluto

Por Redação | 25/10/2009 09:12

Os 10 líderes das facções criminosas no Rio de Janeiro vão ficar 20 dias em isolamento absoluta na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande. Os criminosos foram transferidos ontem a pedido do Governo do Rio, que luta para isolar os chefes do tráfico de drogas.

Segundo o Ministério da Justiça, são oito integrantes do Comando Vermelho, um da organização Amigos dos Amigos e um do Terceiro Comando Puro. Após o período de isolamento, eles vão para celas individuais e em alas separadas do presídio. "Não terão qualquer contato uns com os outros", destaca o Departamento Penitenciário Nacional.

Estão em Campo Grande: Nei da Conceição Cruz ("Nei Facão"), Edgar Alves Andrade ("Doca"), Cássio Monteiro das Neves ("Cassio da Mangueira"), Márcio Silva Matos ("Marcinho A Muleta"), Roberto Ferreira Vieira ("Robertinho do Jacaré"), Jorge Alexandre Candido Maria ("Sombra"), Marcelo Soares de Medeiros ("Marcelo PQD"), Fábio Pinto dos Santos ("Fabinho São João"), Ocimar Nunes Robert ("Barbosinha") e Claudecyr de Oliveira ("Noquinha").

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário