A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/03/2013 09:46

Dois ficam feridos em confronto entre a PM e três mil pessoas na Capital

Edivaldo Bitencourt e Nadyenka Castro

Policiais militares entraram em confronto com um grupo, estimado em três mil pessoas, para acabar com algazarra e vandalismo na madrugada de hoje na Avenida Três Barras, no Bairro Lagoa Dourada, em Campo Grande. Dois vendedores ambulantes ficaram feridos e um homem foi preso por desacato.

Conforme o registro feito pela Polícia Civil, policiais foram acionados para por fim à bagunça e desobstruir a avenida. Uma equipe tática foi chamada para ajudar a conter a multidão, que arremessou pedras, latas e garrafas de cerveja contra os militares.

Para conter o grupo e controlar a situação, os policiais militares usaram equipamentos não letais. Dois vendedores ambulantes, Clodoaldo Benites dos Santos e Andrea Nantes de Moraes ficaram feridos no confronto, mas recusaram atendimento e a ajuda da PM para serem encaminhados à unidade de saúde do Bairro Tiradentes.

O confronto começou quando os policiais determinaram a suspensão da venda de bebida alcoólica pelos vendedores ambulantes. Eles não tinham alvará especial, como determina a Lei Seca, em vigor na Capital desde 2003.

Clodoaldo, que ficou ferido no confronto, reagiu à ordem e desacatou os PMs, segundo relato feito no boletim de ocorrência. Ele xingou o policial de “japonês desgraçado”, “filho da p.” e “não tem cara de que fez concurso de tão burro que é, não é assim que trabalha, vou na corregedoria ensinar como”.

Clodoaldo foi detido após sair com um veiculo Uno e quase atropelar os policiais militares. Ele foi autuado por desacato.

Moradores - Quem mora na região conta que a baderna é causada por pesssoas que ficam envolta a uma casa noturna localizada na avenida Três Barras. Segundo ele, a situação ficou crítica nesta madrugada, com fechamento de ruas e rachas. "Não conseguimos dormir", fala o encarregado de recursos humanos de 53 anos que prefere não se identificar.

Conforme o morador que reside há quatro anos com a esposa no local, a baderna teve início nos últimos fins de semana. "Sempre teve a casa aí. Enquanto a bagunça era lá dentro, não teve problema. Agora, saem fazendo baderna", declara.



Ah que saudades do Cel. Adib ....
 
Marcos Silva em 16/03/2013 17:25:45
Vamos Dr. André, "toler|ância zero", bala neles! Não vamos perder esta batalha não ...
 
Marcos Silva em 16/03/2013 17:23:48
a policia tem que acabar com essa baderna mesmo na cidade nem que seja usando a força ja que esse bando de gente desocupada nessas badernas no meio da rua.... ainda mais com esses atentados na cidade e esses idiotas ainda vão em baile funk.... a policia ta agindo como deve sim!
 
LIGIAN LAPAS em 16/03/2013 14:21:20
Isso tem todo em comum com os outros casos de baderno: se ligar para 190 para reclamar de perturbação de sossego, NADA acontece, nem aparece viatura da policia para verificar a situação e ainda querem que o denunciante se identifica ou faz BO. O que custa, depois de uma denuncia, simplesmente ir olhar?
Ai, se a baderna ocorre frequentemente, já deveriam tomar atitude (teste de bafometro, pedir docs de veiculos e alvaras, incomodar os baderneiros) para que no futuro nãi sair do controle.
Sempre a mesma coisa neste pais: falta FISCALIZAÇÃO. Dai, um momento ou outro sai do controle e vão ter que fazer repressão. Não adianta estacionar viatura em local onde já houve baderno no passado (haja viaturas e policiais para isso!); tem que evitar que qualquer local vira ponto de baderno antes!
 
Marcos da Silva em 16/03/2013 12:12:44
A polícia tem que fazer operação surpresa nessas situações: chegar de surpresa com tropa de choque, cavalaria montada e ir jogando tudo pra dentro dos 'camburão' pra depois perguntar 'o que o sujeito tá fazendo ali'. Hj em dia não sabem fazer festa, tem que ser BADERNA. E pelo jeito é o estilo de baderneiro q frequentava o Mirante.
 
Lucio Santander em 16/03/2013 11:39:28
Sou Douradense e quero parabenizar a Polícia Militar por mais essa operação com exito, como cidadão nunca vi tanto desrespeito com as autoridades, os vagabundos não respeitam mais as autoridades, é necessário as polícias usarem da força também em ocorrência desse tipo senão, simplesmente apanham dos fora da lei ou acontece até o pior com os Militares; está cada vez mais comum grande números de desocupados enchendo a cara de bebidas alcoólicas, tirando a paz da vizinhança e depois causando os mais diversos desastres pelas vias públicas; policiais que Deus os guarde de todo mal.
 
Ademir de Souza em 16/03/2013 10:53:24
Isso aí PM!! Bota ordem na casa!! a corregedoria não está para punir de qualquer maneira o policial como pensam as pessoas. Existe o princípio da ampla defesa e do contraditório e quando um policial agir errado, como no caso em que o vendedor entendeu como abuso a ordem para parar com a venda de bebidas por falta de alvará, não é a melhor forma de se resolver desacatando o agente da lei. Burro foi ele, que além de autuado ainda foi preso e o fato de jogar o carro sobre os policiais ainda pode lhe dar muita dor de cabeça, pois o mesmo pode correr o risco de ter sua CNH suspensa...seja inteligente e razoável...na briga entre o mar e a rocha, sempre sobra pro marisco!!! Quem tá errado, já tá sem razão desde o começo!! Exija seus direitos, mas primeiro cumpra suas obrigações!!
 
laercio souza em 16/03/2013 10:32:05
Isso aí PM!! Bota ordem na casa!! a corregedoria não está para punir de qualquer maneira o policial como pensam as pessoas. Existe o princípio da ampla defesa e do contraditório e quando um policial agir errado, como no caso em que o vendedor entendeu como abuso a ordem para parar com a venda de bebidas por falta de alvará, não é a melhor forma de se resolver desacatando o agente da lei. Burro foi ele, que além de autuado ainda foi preso e o fato de jogar o carro sobre os policiais ainda pode lhe dar muita dor de cabeça, pois o mesmo pode correr o risco de ter sua CNH suspensa...seja inteligente e razoável...na briga entre o mar e a rocha, sempre sobra pro marisco!!! Quem tá errado, já tá sem razão desde o começo!! Exija seus direitos, mas primeiro cumpra suas obrigações!!
 
laercio souza em 16/03/2013 10:30:56
Três mil pessoas??? Onde foi isso?
 
Fabio Pellegrini em 16/03/2013 10:28:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions