A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/05/2009 16:36

Dona de pit bull alega que portão de casa foi arrombado

Redação

A dona do pit bull que atacou uma mulher no Bairro Tiradentes ontem alega que o cão escapou porque o portão da residência dela foi arrombado. Patrícia Ortiz Ferreira enviou e-mail ao Campo Grande News no qual afirma que tem o animal em casa para se proteger da ação de bandidos que, segundo a proprietária, é comum no bairro.

Ela ressalta que mantém o portão fechado com cadeado e que na manhã de ontem, data do ataque, o cadeado estava arrebentado. "Suspeito que tentaram entrar em minha residência", enfatiza.

Patrícia destaca que todos os dias a vizinha Brasiluza Gomes de Inho Neves, 50 anos, passa em frente à residência com o cachorrinho de estimação, um schauzer. "Como sabemos que cachorro estranha cachorro, meu cão foi brigar com o cachorro dela. Meu cão só briga com cachorro bravo também ou que late muito. Bom mas o que ocorreu é que meu cão avançou contra o cachorrinho da minha vizinha e ela ao tentar tirá-lo do chão acabou machucando sua mão, cortou dois dedos", argumenta.

A proprietária do pit bull ressalta ainda que a filha de 1 ano de idade convive com o animal.

Brasilusa conta que o cão da vizinha sempre fica fechado e sempre que as pessoas passam na rua ele começa a pular no portão. Segundo Brasilusa, à Polícia, Gilson Júnior, que se apresentou como responsável pelo pit bull, afirma que o cadeado foi arrombado.

Com as mãos feridas, a vítima faz um questionamento: "Como alguém consegue arrombar um cadeado que fica para o lado de dentro com um cachorro deste".

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions