A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

28/10/2009 09:27

Douradense preso em RO confessa homicídios e assalto

Redação

O douradense Diego Santos Inácio, 18, o "Febem", preso ontem acusado de matar uma professora aposentada e ferir o marido dela durante emboscada na zona rural de Presidente Médici, em Rondônia, confessou à polícia daquele estado ter assassinado duas pessoas em Itaporã. Ainda não existem informações sobre essas mortes. Ele também confessou ter assaltado um restaurante em Dourados há cerca de um mês. Quando era menor de idade, o rapaz já tinha sido detido por tráfico de drogas.

Diego Inácio está preso em Presidente Médici, onde foi autuado em flagrante pelo assassinato da professora aposentada Maria das Graças Cardoso, 55, e por tentar matar o marido dela, Lourival Cardoso, que levou um tiro na mão. Também estão presos Elisângela Patrícia Cardoso, 24, filha de Maria e Lourival, e Claudemir Guimarães Cordeiro, 29, marido de Elisângela.

O crime ocorreu por volta de 7h de ontem, quando Maria das Graças e Lourival chegavam ao sítio deles localizado na Linha 128, lote 8. Diego estava escondido no mato e quando o casal se aproximou em um Fiesta prata ele disparou cinco tiros. Um disparo atingiu Lourival na mão. Acreditando que o homem estava morto, Diego se aproximou de Maria e a atingiu com um tiro no peito. Após a fuga do criminoso, Lourival socorreu a mulher a um hospital de Ji-Paraná, mas ela não resistiu e morreu antes de ser atendida.

Em depoimento à polícia, Lourival relevou que desconfiava da filha e do genro. Em depoimento à polícia, o casal acabou confessando ter tramado a morte dos pais de Elisângela. Policiais civis e militares desencadearam uma operação para desvendar o caso e prenderam Diego em um hotel de Presidente Médici

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions