A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/03/2009 07:57

Dupla presa em fazenda morreu a caminho do hospital

Redação

A dupla presa na noite de ontem em uma fazenda próxima a Mineiros (GO), na divisa com Costa Rica (MS), morreu em virtude da troca de tiros com a Polícia. Eles são apontados como integrantes da quadrilha que assaltou uma agência do Banco do Brasil de Alto Taquari (MT).

No dia 27 eles invadiram a fazenda Agro Brasil, renderam a família do proprietário e ontem fugiram levando uma camionete. Equipes do Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) e a Polícia Militar de Goiás fizeram o cerco e conseguiram localizar a dupla no meio do matagal.

Houve troca de tiros e a dupla foi ferida. Eles chegaram a ser socorridos e levados para o Hospital Municipal de Mireiros, mas segundo informações do hospital, eles deram entrada na unidade por volta das 3 horas de hoje já sem vida. Os dois não portavam documentos de identificação e por isso estão no necrotério aguardando serem identificados.

A Polícia ainda está na região em busca de outros três homens que estão escondidos no matagal. Com a dupla a polícia encontrou uma pistola .40 e parte do dinheiro roubado, cerca de R$ 16 mil.

Participam da operação mais de 50 policiais, 20 são de Mato Grosso do Sul.

A suspeita é que nove homens tenham participado do assalto à agência. Três já foram presos na semana passada e apresentados pelo Garras em Campo Grande.

Estão na Capital Nelson Bento Santos, 52 anos, Cláudio Petrônio Ramos, 28 anos, e Marcos Aurélio Macedo de Brito, 31 anos. A informação inicial é que eles não têm participação direta nos roubos. A função deles era resgatar os demais integrantes que ainda estão escondidos, e que invadiram as agências.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions