A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/12/2010 09:15

Eclipse dura 3 horas em Mato Grosso do Sul e marca início do verão

Ricardo Campos Jr.

Desde 1554 que os fenômenos não coincidiam no mesmo dia

Todas as fases do eclipse puderam ser observadas de MS. Todas as fases do eclipse puderam ser observadas de MS.

Durou cerca de 3 horas o eclipse total da lua para os que observaram o fenômeno em Mato Grosso do Sul. O Estado, por estar no oeste brasileiro, teve posição privilegiada, sendo que todas as fases puderam ser vistas durante a madrugada desta terça-feira, dia 21, dia do início do solstício de verão no hemisfério sul.

O meteorologista Natálio Abrão, da estação meteorológica da Uniderp-Anhanguera, explica que o solstício e eclipse não têm relação alguma. No entanto, trata-se de uma coincidência interessante os dois acontecerem no mesmo dia, ainda que em horários diferentes. De acordo com o Estadão, desde o ano de 1554 isso não acontecia.

Segundo o meteorologista, o momento em que a lua ficou totalmente coberta pela sombra da terra em Mato Grosso do Sul foi às 4 horas da madrugada, permanecendo assim por 51 minutos, sendo que às 5h15 o fenômeno já tinha acabado completamente.

Ele explica que esse tipo de eclipse acontece quando a terra fica entre o sol e a lua, bloqueando a chegada da luz ao satélite natural.

No entanto, o astro não fica completamente apagado, mas adquire uma coloração avermelhada. Por conta da posição do eixo terrestre em alguns locais não é possível observar o eclipse e em outros só é visível algumas fases.

Fases - O Eclipse lunar total tem 3 etapas. Primeiro a lua perde o brilho, sendo que isso não pode ser observado em cidades com alta poluição luminosa. Em seguida, a sombra começa a ser projetada no satélite e então a lua muda de cor.

(Com informações do Estadão e Climatempo)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions