A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/01/2010 11:43

Em 2 anos, acidentes levam 3,8 mil a pedirem indenização

Redação

Desde 2007 o seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), que cobre os casos de morte, invalidez permanente e custas médico-hospitalares recebeu  3.852 solicitações em Mato Grosso do Sul, conforme informações da assessoria de imprensa do governo estadual.

Foram pagos no período R$ 5.311.018,81 às vítimas de acidente, dos quais 80% por morte (R$ 4.250.229,09), R$ 549.152,49 por invalidez, e R$ 511.637,23 cobriram custas após a saída do acidentado do hospital.

O atendimento do DPVAT no Mato Grosso do Sul iniciou em maio de 2007, em Três Lagoas. Na capital, a central do DPVAT funciona dentro do prédio do Procon.

"A opção pela central no Procon é para que a população perceba a credibilidade do serviço. Ao entrar com o requerimento do seguro pelo Procon, o processo é considerado como administrativo e tem mais celeridade", explica Milton Rodrigues, presidente do Sindicato dos Corretores de Seguro, que administra o DPVAT, em parceria com o Procon e o Ministério Público Estadual.

Ele acredita que a população está mais esclarecida para buscar seus direitos e comenta que ao registrar o boletim de ocorrência do acidente de trânsito, a pessoa já recebe orientação para que busque o seguro DPVAT. "Este seguro tem uma importância social muito forte, pois auxilia pessoas enquanto as vítimas se recuperam ou, nos casos de morte, a sustentar as famílias. Por isso, procurar a central é o primeiro passo".

Os documentos necessários para abertura do processo são os pessoais da vítima (RG/CNH/Carteira de Trabalho, e CPF), o boletim de ocorrência, relatórios médicos que atestem o grau de invalidez ou a necessidade de continuidade do tratamento (daí o pagamento das despesas médico-hospitalares).

O crédito da indenização é feito diretamente na conta corrente ou poupança da vítima ou dos beneficiários legalmente definidos. Pela nova legislação, a solicitação do seguro pode ser feita até três anos decorridos do acidente.

Em todo o Brasil, o DPVAT pagou às vítimas de acidentes de trânsito R$ 1,2 bilhão em 2007; no ano passado, foram R$ 1,4 bilhão em indenizações.

Mais informações pela central de atendimento 0800 022 1204

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions