A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/10/2009 10:13

Em conjunto com a comunidade, PM espera reprimir gangues

Redação

A partir da política de segurança comunitária, transformando pelotões em unidades piloto de segurança participativa, o novo comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, espera que jovens se envolvam menos com gangues e que as ações destes grupos, que aterrorizam moradores de vários bairros, sejam combatidas.

Neste ano várias mortes, principalmente de adolescentes, ocorreram em decorrência dos confrontos entre grupos rivais. Para o comandante, as ações de gangues não são originadas na falta de segurança pública e sim na desestrutura familiar e falta de equipamentos que ocupem estes jovens.

Daí entra o sistema de policiamento comunitário, com policiais treinados para se aproximar da comunidade, atuando de forma preventiva. "

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions