A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

27/04/2015 18:16

Em seminário do Trabalho e Emprego, sistema nacional é implantado em MS

Priscilla Peres e Liana Feitosa
Governador participou da abertura do seminário durante a tarde. (Foto: Alcides Neto)Governador participou da abertura do seminário durante a tarde. (Foto: Alcides Neto)

Na tarde desta segunda-feira (27), foi feita a abertura oficial do I Seminário do Trabalho, Emprego e Renda de Mato Grosso do Sul. Na ocasião foi lançado o SUT (Sistema Único de Trabalho), que está sendo implantado em todo o país e tem o objetivo de organizar, modernizar e desenvolver o setor de trabalho e emprego nos estados.

Para isso, amanha durante todo o dia, serão realizadas palestras que vão oferecer treinamento aos trabalhadores do segmento de emprego do Estado. De acordo com o superintendente da Funtrab/MS, Wilton Acosta, o seminário quer se aprofundar nas políticas de emprego e renda. "Queremos estender o microcrédito, por exemplo, para fomentar a economia. Por isso serão dadas essas palestras e na quarta haverá treinamento dos servidores do SUT".

Ele entregou ao secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Francisco José Ponte Ibiapina, em mãos, um dos projetos da Funtrab que visa alavancar o setor de trabalho estadual. Ele não detalhou o projeto, apenas adiantou que quer oferecer qualificação profissional a 87 mil pessoas.

Ambos acreditam que o caminho para o desenvolvimento do trabalhador é ampliar as políticas públicas e oferecer mais qualificação profissional. De acordo com Ponte, o MTE já tem um projeto que visa qualificar por meio da educação a distância, chamado Universidade do Trabalhador.

Que nada mais é do que oferecer cursos de qualificação profissional via EAD, em parceria com a UnB (Universidade de Brasília). "Temos que avançar, modernizar o sistema público de emprego em conjunto com o estado, União e municípios", afirma o secretário-executivo.

Presente no evento, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aproveitou para falar sobre o segmento. "O país passa por baixo crescimento econômico e elevação da taxa de desemprego, então precisamos criar oportunidades de emprego e a melhor forma de fazermos isso é tendo mão de obra qualificada. Temos um ambiente favorável e precisamos criar essas oportunidades".

Concursos em MS reúnem quase 300 vagas e salários de até R$ 14,9 mil
Essa semana em Mato Grosso do Sul, há quase 300 vagas abertas em concursos e processos seletivos, com salários de até R$ 14,9 mil. Confira a seguir, ...
IFMS abre seleção com 490 vagas para cursos de qualificação profissional
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) abre nesta segunda-feira (dia 26) as inscrições do processo seletivo para 490 vagas em cursos de for...
Câmara sedia Feira do Trabalho com diversos serviços nesta segunda
A Câmara Municipal de Campo Grande e a Superintendência Regional do Trabalho realizam nesta segunda-feira (26) a 1ª Feira do Trabalho de Mato Grosso ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions