ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Empregos

Fatec Senai ganha novo bloco e capacidade agora é de 9,6 mil vagas

Obra é resultado de parceria entre Fiems e movimento Pró-Vida e custou aproximadamente R$ 8 milhões

Por Nadyenka Castro e Luciana Brazil | 10/11/2012 13:40
Laboratório de informática no novo prédio da FatecSenai. (Fotos: Minamar Júnior)
Laboratório de informática no novo prédio da FatecSenai. (Fotos: Minamar Júnior)
Sérgio Longen, presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul.
Sérgio Longen, presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul.

A FatecSenai (Faculdade Técnica Digital do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), em Campo Grande, ganhou novo bloco e vai ampliar o número de vagas, que hoje somam sete mil. A solenidade contou com a presença do presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) Sérgio Longen e com a do governador André Puccinelli (PMDB).

O prédio foi construído em parceria com o movimento filosófico Pró-Vida, através de convênio firmado em abril do ano passado. Tem de 3.488 metros quadrados, abrangendo a rua Engenheiro Roberto Mange e a avenida Afonso Pena, ao lado da Casa da Indústria, e custou aproximadamente R$ 8 milhões.

Em discurso durante a cerimônia de entrega, o presidente da Fiems afirmou que a abertura de novas vagas vai ajudar a reduzir o déficit de trabalhadores qualificados. “Falta qualificação de mão de obra. Essa doação vai ajudar a qualificar os trabalhadores”, disse Longen.

Para o governador André Puccinelli (PMDB) a doação do prédio foi “espetacular” para preparar jovens para o mercado de trabalho. “Nós ficamos eternamente agradecidos”. “Quem ganha é a população de Mato Grosso do Sul”, declarou.

Fatec/Senai -De acordo com o gerente da unidade, Artur Quintella, o prédio irá ampliar o atendimento na Capital. Atualmente a capacidade é para 5 mil vagas e chegará a 9,6 mil.

“Esse convênio vem para contribuir para a qualificação ainda maior de profissionais em diversas áreas com uma estrutura adequada às nossas necessidades didáticas”, declarou.

No novo prédio, o pavimento térreo conta com recepção, cantina, auditório para 125 pessoas, biblioteca e setor administrativo.

O segundo pavimento tem laboratórios de informática, de instrumentação industrial e de eletrônica industrial digital e analógica, além de cinco salas de aula, sala de professores e sala de treinamento.

No terceiro andar, o novo bloco da FatecSenai Campo Grande estão instalados os laboratórios de CAD (Computer-Aided Design ou Desenho Auxiliado por Computador), metrologia dimensional e automação industrial e mais oito salas de aula.

Pró-Vida - Nelson Costa, diretor da Pró-Vida, explicou que o movimento existe há 33 anos em Mato Grosso do Sul e desde então tem ajudado hospitais e escolas com o objetivo de transformação do ser humano.

O movimento foi fundado por Celso Charuri há 38 anos e tem como filosofia o poder da mente, sendo que com esta avançada, as pessoas serão melhores. “O homem aprende a usar a mente e a ciência”, disse Nelson, explicando que a cura só acontece quando há interferência na causa. “Para mudar o panorama é preciso trabalhar o lado interno”.

A fisioterapeuta Fátima Caseiro, 45 anos, há três integra o Pró-Vida. “O movimento ensina a usar a mente para ser um ser humano melhor”, declarou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário