A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

20/04/2018 14:12

Prefeitura vai chamar concursados ainda no 1º semestre, diz prefeito

Convocação atende recomendações sobre substituição de comissionados, mas também serve como medida para diminuir deficit da Previdência

Mayara Bueno
Entrada da Escola Municipal Profº Eulália Neto Lessa. (Foto: Paulo Francis/Arquivo).Entrada da Escola Municipal Profº Eulália Neto Lessa. (Foto: Paulo Francis/Arquivo).

Pelo menos mil professores, aprovados em concurso da prefeitura de Campo Grande, devem ser chamados ainda no primeiro semestre de 2018, afirma o chefe do Executivo municipal, Marquinhos Trad (PSD).

A medida segue recomendações do Ministério Público, que prevê substituição de comissionados por concursados na Educação. Contudo, também servirá como alternativa para diminuir o deficit da Previdência municipal, hoje estimado em R$ 130 milhões por ano.

De acordo com o secretário de Finanças do município, Pedro Pedrossian Neto, a entrada de novos concursados injetará R$ 1,2 milhão na cofre da Previdência municipal. Isso porque, os comissionados - sem concurso - contribuem para o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

Embora a questão previdenciária seja um fator, a convocação dos concursados será feita para cumprir legislações e melhorar o ensino na rede municipal.

Deficit - O Executivo municipal previu para o próximo ano um deficit na Previdência de R$ 144 milhões, valor que representa 5% a mais comparado a 2018.

Segundo a tabela divulgada, o total da despesa previdenciária, ou seja, as contas do setor a título de aposentadoria, está previsto em R$ 335 milhões. Contudo, a previsão do que entrará no caixa é R$ 190 milhões.

O restante, R$ 144 milhões, é o deficit. Este montante é arcado com dinheiro do tesouro municipal, que poderia ser destinado para outras áreas da cidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions