A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/02/2008 07:23

Empresário é baleado no estacionamento do Aeroporto

Redação

Um jovem empresário de Campo Grande foi baleado na madrugada desta sexta-feira quando deixava o estacionamento do Aeroporto Internacional. Marcelo Zanatta Estevam, de 24 anos, já estava na guarita, em sua Toyota Hilux de placas DJO-5333, quando recebeu os disparos. Um deles destruiu seu relógio de pulso, atingindo o antebraço, outro atingiu uma caneta e passou de raspão no peito, um projétil acertou sua coxa esquerda e outro na região do quadril.

Um funcionário do estacionamento do aeroporto informou à polícia que notou que um veículo VW Gol, de cor branca, quatro portas, com as rodas dianteiras sem calotas (na cor preta) e para choque traseiro com algumas ranhuras deu a volta ao lado do estacionamento, passando próximo ao terminal de embarque e desembarque da frente do aeroporto, em alta velocidade. Depois estacionou próximo a uma guarita. Dentro havia um homem que utilizava capuz, na cor preta, e somente os olhos e o nariz estavam expostos. Após os disparos, o carro arrancou. O funcionário não conseguiu identificar as placas.

Conforme informações da guarita do estacionamento, Zanatta deixou sua camionete no local às 2h54 de quarta-feira, para pernoitar. Por volta de 0h40 desta sexta-feira ele fechava a estadia na guarita, quando foi atingido pelos disparos.

A mãe do rapaz esteve no local e relatou à polícia que recentemente Zanatta comprou a empresa Sorali, que tinha estrangeiros entre os sócios e teria ocorrido algum tipo de desentendimento com os proprietários. Porém, em conversa com o delegado, ainda quando era socorrido, o rapaz disse que não acreditava que houvesse alguma relação com o crime porque os compromissos assumidos na transação foram honrados.

A polícia trata o caso como tentativa de homicídio, embora a carteira do rapaz com documentos pessoais e R$ 1 mil tenha sumido. O delegado que atendeu à ocorrência, Divino Furtado de Mendonça, explica que o caso será investigado pelo 6º Distrito Policial. Porém, da forma como o atirador agiu não aparenta se tratar de roubo. Uma hipótese é que a carteira possa ter sumido no momento em que o rapaz era atendido. Dois projéteis foram colhidos dentro do veículo. Havia sinais de disparo próximo ao retrovisor esquerdo da camionete da vítima.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions