A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Junho de 2018

27/02/2009 13:21

Empresário e dois amigos ficam 6h refém de bandidos

Redação

Um empresário e mais dois amigos ficaram seis horas reféns de bandidos entre a noite dessa quinta-feira e madrugada de hoje, em Campo Grande.

O empresário Gustavo (cujo sobrenome será preservado por questões de segurança), 26 anos, contou à Polícia Civil que por volta de 23h30 conduzia a caminhonete Mitisubishi dele de placa HRN- 5421, pela Rua Pedro Martins, e parou para atender ao celular, em frente ao condomínio Golden Gate, no Caraná Bosque.

No momento em que parou o veículo, onde estavam mais dois amigos, foi abordado por três homens armados com revólveres que saíram de um Palio de cor roxa, modelo antigo, e anunciaram o assalto. Dentro do carro de passeio ficaram mais dois.

Os bandidos obrigaram as vítimas a sentar no banco traseiro da caminhonete. Ao lado deles, sentou um dos assaltantes e os outros dois no banco da frente e mandaram as vítimas ficar de cabeça baixa.

Conforme relato de Gustavo à Polícia, os autores trafegaram por diversas ruas da cidade e depois seguiram pela BR-262, saída para Três Lagoas, sempre seguidos pela Palio. Em um determinado momento, entraram em uma estrada e pararam em uma área de mata.

No local, foram amarrados com cordas e vigiados por um bandido armado com revólver. Por volta de 5h30, o bandido, que se identificou como Iuri ao atender um telefonema, recebeu uma ligação, entrou no Palio, que foi busca-lo, e liberou as vítimas.

O empresário disse à Polícia que ele e os amigos caminharam algum tempo até chegar no Posto Carga Pesada, na BR-262, onde pediu ajuda.

De acordo com a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Furtos e Roubos de Veículos), câmaras do posto fiscal da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Miranda, fizeram imagens da passagem da caminhonete, ainda na madrugada. O que indica que o veículo foi levado para a Bolívia.

O empresário falou à Polícia que os autores eram jovens e que pode reconhecer o assaltante que o vigiou se vê-lo pessoalmente ou por fotografia.

Tribunal condena réu por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
Desembargadores da 3ª Câmara Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negaram, por unanimidade, recurso a um réu já condenado a repa...
Uems abre inscrições para exames de proficiência em três idiomas
A Proec (Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários) da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu inscrições para o Exa...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions