ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Empresário é preso com 209 quilos de cocaína e crack em caminhonete Hilux

Por Graziela Rezende e Edivaldo Bitencourt | 13/11/2013 09:28
Droga estava escondida em caixas de som da caminhonete. Foto: Divulgação
Droga estava escondida em caixas de som da caminhonete. Foto: Divulgação

Um empresário de 31 anos, morador de Ponta Porã, a 323 quilômetros da Capital, foi preso em flagrante, na noite de ontem (12), por tráfico de drogas na altura do Km 68 da BR-262. Segundo a Polícia, no interior da caminhonete Hillux,  placas de Catanduva (SP), foram encontrados 65 quilos de crack e mais 144 quilos de cocaína.

Em depoimento, o autor informou que pegou o veículo na rodoviária de Dourados. Na ocasião, ele informou que a chave estava escondida embaixo de uma das rodas e que a carga, escondida dentro das caixas de som, deveria ser entregue em Catiguá (SP).

Pelo transporte, o empresário recebeu R$ 3 mil adiantados e posteriormente ganharia mais R$ 2 mil em depósito. A ocorrência foi registrada na Polícia Federal de Três Lagoas, que também contou com o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na ação.

Só a cocaína está avaliada em R$ 720 mil. Em São Paulo, a droga poderia render, no mínimo, cerca de R$ 2,8 milhões.

Em decorrência da "lei do abate", que permite a derrubada de aeronaves sem planos de voos ou clandestinas, os traficantes passaram a usar as rodovias para fazer o transporte de cocaína. Neste ano, a apreensão de mais de 100 quilos de cocáina vem se tornando comum no Estado.

Droga foi encaminhada para delegacia de Três Lagoas. Foto: Divulgação
Droga foi encaminhada para delegacia de Três Lagoas. Foto: Divulgação
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário