A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

19/08/2011 14:14

Empresas de dekasseguis participam de mostra no Bon Odori

Edmir Conceição*

Dez mil pessoas são esperadas durante os três dias da maior festa japonesa em Mato Grosso do Sul, Bon Odori, promovida pela Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira (AECNB) de Campo Grande, que inicia nesta sexta-feira, 19, a partir das 19 horas, e segue até o dia 21 de agosto.

Em sua 27ª edição, a festa terá danças tradicionais japonesas, culinária oriental e, pelo terceiro ano, a Mostra de Negócios Nikkei Dekassegui, realizada pelo Sebrae, que reúne, este ano, quinze empresas expositoras de produtos e serviços. A mostra tem o objetivo de divulgar as empresas criadas por dekasseguis, estimulando o empreendedorismo e a abertura de mercado para os negócios desta comunidade no Estado.

Desde 2004, o Sebrae-MS, através do Projeto Nikkei Dekassegui Empreendedor realiza ações que visam apoiar o empreendedorismo dos brasileiros que retornam do Japão. Por meio de atividades conjuntas com associações nikkeis são oferecidas palestras, cursos, treinamentos, consultorias, com vistas a diminuir os riscos dos negócios montados por dekasseguis e seus familiares.

“A cada ano aumenta a quantidade de público que prestigia o Bon Odori, que une a tradição japonesa aos costumes campo-grandenses, criando um ambiente favorável para realização de negócios, demonstração de produtos e serviços”, avalia a gestora do projeto do Sebrae, Lígia Oizumi.

"Bon" ou “O-bon” é abreviatura de urabon, que em sânscrito ullambana é o nome da cerimônia budista com origem na China, em memória aos ancestrais durante o verão (entre julho e agosto). No folclore popular, essa cerimônia ocorre com danças, reunindo homens e mulheres que dão boas vindas às almas dos falecidos. O festival ocorre sempre depois do pôr do sol, pois os espíritos, segundo os japoneses, só saem durante a noite. No Japão, as pessoas levam lanternas acesas para saudar os mortos, lembrando a sabedoria que deixaram.

É como o Dia de Finados, porém as músicas tradicionais e o clima são de gratidão e alegria. Muitas famílias se encontram nesta festa. Em Campo Grande a tradição se instalou a partir de 1983, quando o então presidente Armando Tibana realizou um Bon Odori para comemorar a inauguração do ginásio poliesportivo da AECNB, localizado na Rua Antônio Maria Coelho, entre a Calógeras e 14 de Julho. Atualmente o festival faz parte do calendário oficial do município de Campo Grande.

Este ano a AECNB ampliou o espaço destinado à praça de alimentação, garantindo maior comodidade aos visitantes. Para incentivar o empreendedorismo, durante a festa a AECNB em parceria com o Sebrae, realiza sorteio de prêmios para empresas.

(*) Com informações do Sebrae



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions