A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/10/2011 17:41

Enersul diz concluir recadastramento e mantém benefícios da tarifa social

Edmir Conceição
Tarifa social beneficia famílias com baixo consumo de energia. (Foto; Divulgação)Tarifa social beneficia famílias com baixo consumo de energia. (Foto; Divulgação)

A Enersul informou que não haverá redução de benefícios da tarifa social em razão de ajustes no sistema.

De acordo com a Enersul, ‘o ajuste desta vez foi para a faixa de consumo entre 41 até 64kwh/mês”, mas quem deixou de comparecer perdeu desconto sobre a tarifa apenas nesse intervalo, “por isso não há motivo para se preocupar com alta expressiva na conta de energia”.

A concessionária de energia em Mato Grosso do Sul explica que como é uma redução em cascata todos vão continuar tendo desconto de 65% nos 30 primeiros kWh/mês e mais 40% no intervalo de 31 a 40 kwh/mês até os meses de outubro e novembro, datas para conclusão para essas duas faixas de consumo respectivamente.

Mesmo assim, de agora em diante, quem for a uma loja da Enersul e fizer o recadastramento, apresentando o NIS- Numero de Inscrição Social, que certifica a condição de baixa renda do cliente, ter renda per capita de meio salário mínimo por mês e documentos pessoais mais a conta de energia, volta, no mês seguinte, a ganhar todos os benefícios do programa que são: redução de 65% sobre a tarifa nos primeiros 30 kwh, de 40% sobre o valor da energia consumida entre 31 KWh e 10% entre 101 e 220 kWh.

Justiça social - O recadastramento, determinado pela ANEEL – Agencia Nacional de Energia Elétrica, busca aprimorar a legislação e o programa no sentido de conceder o benefício, exclusivamente, pelo perfil sócio-econômico das famílias de baixa renda com igualdade em todo o Brasil.

O critério anterior, que deixa de existir a partir de 1° de dezembro, levava em conta a faixa de consumo médio de até 79 kWh favorecia donos de imóveis de luxo com pouco uso, casas de veraneio, chácaras como a do Parque dos Poderes e até pesqueiros no Pantanal, um privilégio da tarifa baixa a empresários e à consumidores da classes A e B.

Oportunidade - Até agora na Enersul 50, 8 mil clientes estão cadastrados com o NIS, requisito básico para o benefício de uma conta de luz mais barata. Pelos levantamentos da Secretaria Estadual de Assistência Social, que tem a gestão sobre a aprovação e a concessão dos benefícios dos Programas Sociais, existem no outras 75 mil famílias com NIS que podem buscar o benefício dos expressivos descontos nas faixas de consumo de energia elétrica.

“A Enersul tem feito divulgação sistemática desses critérios e treinado seus colaboradores a atenderam esse famílias na estrutura de atendimento disponível nas 73 cidades de sua área de concessão. É comparecer e garantir essa oportunidade”, informa a diretoria da companhia.

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions