A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

07/07/2011 19:08

Enersul manda 500 toneladas de geladeiras velhas para reciclagem em SP

Paulo Fernandes
Programa da Enersul livra Mato Grosso do Sul de 10.780 geladeiras antigas (Foto: divulgação)Programa da Enersul livra Mato Grosso do Sul de 10.780 geladeiras antigas (Foto: divulgação)

Recolhidas por meio do Programa de Eficiência Energética da Enersul, 10.780 geladeiras antigas, pesando 500 toneladas, serão levadas para reciclagem.

Verdadeiras sucatas, as velhas geladeiras foram trocadas pela concessionária, sem custo para as famílias de baixa renda, por refrigeradores modernos até 4 vezes mais econômicos, com consumo mensal de apenas 15,8 kWh.

Desmonte e processamento das carcaças das geladeiras são feitos na região na região de Campinas (SP) por uma empresa certificada.

O transporte exige um monitoramento especial, já que essas geladeiras contêm o gás CFC, um produto químico altamente prejudicial à camada de ozônio.

Sustentabilidade - A intenção do programa é contribuir para a preservação do meio ambiente e para a melhoria da qualidade de vida, orientando e conscientizando a população para o uso sustentável da energia elétrica.

Para melhorar ainda mais o desempenho da economia no consumo de energia, a concessionária já realizou a adequação nas instalações elétricas em mais de 26 mil residências e substituiu ainda 127 mil lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas. O investimento até agora foi de R$ 54 milhões.

O programa atende uma exigência legal de transferência de 0,5% do lucro anual da concessionária para os consumidores.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...


Estão destruindo as geladeiras dos anos 80 e 90 só por causa de uma mentira. Buraco na camada de ozônio é uma mentira e não uma verdade e falaram esta besteira nos anos 90 e 2000 só para fazer as pessoas serem mais consumistas e pelo contrário estão desinstruído o meio ambiente e a história das geladeiras só por motivos de lucro para as empresas que fabricam essa porcaria de eletrodomésticos modernos. Nos anos 80 e 90 só existiam eletrodomésticos antigos e eletrodomésticos antigos são muito melhores do que eletrodomésticos modernos, geladeiras antigas dos anos 80 e 90 duram 30 anos. As geladeiras modernas duram menos de 5 anos.
 
Daniel Steinman Martini em 10/10/2013 18:07:13
Gostaria de saber onde ir para dar andamento nesse projeto de trocar uma geladeira velha por uma nova para uma familia carente. A familia encontra-se em Terenos MS. Se alguem puder me informar agradeço.
 
Sueli Fontana em 05/06/2012 08:58:09
bom dia ! fico satisfeita de saber que a enersul continua com o projeto ,de doar geladeiras, hoje acabei de assistir um programa ,em que o entrevistado falou sobre isso.
Mas fico triste por saber que nem todos que realmente nessecitam,conseguem essa ajuda.
ex:minha nora fez essa inscrição aos 4 anos.e nada, mora em 2peças caindo aos pedaços e ainda paga aluguel,o valor do consumo dela e enorme pq, a geladeira dela deve ter 25 anos minimo,meu filho não tem condições de comprar uma pois apesar das facilidades,a minha nora e meu neto de apenas 6 anos fazem tratamento psiquiatrico no caps.
por isso ela não trabalha, ele sofre c/ essa situação, e eu tbm,n posso ajuda-lós como gostaria. por favor . ajude-os.ela mora na r:PEDRO DIB em frente ao n° 795 parque do sol
cep:79075105 campo grande ms.
 
ROSINEZ ESPINOSA em 20/07/2011 11:04:33
Muito bom! gostei dessa atitude do gaverno de Mato Grosso do Sul. Mas na matéria eles nao informam onde, e como fazer para trocar a geladeira velha por uma nova, sou mecânico de refrigeração comercial e tenho uma oficina em Rôndonia, acho essa atitude do governo uma boa pois essas geladeiras possuem o CFC, como o R12, um exemplo do gás, e quando solto na camada de ozônio, provoca um estrago total. muito boa a materia e parabéns Mato Grosso do Sul.
 
Emerson Flores Lacerda em 10/07/2011 09:52:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions