A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

12/03/2008 17:00

Enersul terá de pagar R$ 35 mil em idenização por morte

Redação

O Tribunal de Justiça determinou hoje o pagamento pela Enersul de R$ 35 mil em indenização por danos morais a Nilza Genovez, mãe de André Genovez que em 1993 morreu após receber uma descarga de energia elétrica em Selvíria. 

A família havia recorrido solicitando valor maior, de R$ 105 mil, mas os desembargadores mantiveram a sentença incial que fixou o valor menor.Há 15 anos, no dia 18 de julho, o filho de Nilza viaja entre São Paulo (SP) e Selvíria (MS), em uma embarcação à vela, e no Córrego Água Doce o mastro da embarcação tocou a linha de transmissão de alta tensão. O jovem morreu.

De início a mãe exigiu indenização de R$ 78 mil. O principal argumento foi de que a linha de transmissão transpunha o córrego de forma irregular.

A Enersul contestou a responsabilidade no caso, justificando que o acidente se deu por exclusiva imprudência da vítima e do dono da embarcação, que não tomaram as cautelas devidas ao navegar em embarcação à vela. Em caso de condenação, a Empresa reivindicou uma indenização de no máximo R$ 2,1 mil.

Por fim, a Justiça considerou que a Enersul foi negligente em relação as instalações, mas definiu valor bem menor que o pleiteado pela família.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions