A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/01/2009 15:16

Engenheiro acusado de pedofilia na Capital sai da prisão

Redação

O engenheiro da computação Helder Coelho da Silva de 24 anos, deixou às 22h de ontem a carceragem da Polícia Federal em Campo Grande, segundo assessoria de imprensa da PF. Ele é acusado de pedofilia, e ganhou liberdade provisória por decisão da juíza da 5ª Vara, Raquel Domingues.

O rapaz ficou oito dias preso, depois que a PF encontrou um computador com arquivos de vídeos em alusão a cenas de sexo explícito envolvendo crianças. O equipamento estava na casa onde mora com os pais, no bairro Estrela Dalva.

Helder era assessor técnico com cargo em comissão no MPE (Ministério Público Estadual) e foi exonerado três dias depois da prisão.

O computador do engenheiro da computação era conectado à internet e ficava no quarto dele. No local, foram encontrados DVDs com vídeos de crianças e adolescentes em cenas de sexo.

O engenheiro confessou, diante dos pais e outras testemunhas, que era dele o material encontrado.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions