A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/12/2010 17:40

MS é líder de apreensão de drogas

Paulo Fernandes

Estado é rota do tráfico, mas apreensões são rotina na fronteira

Coronel Davi acredita que Pefron será um avanço importante para as fronteiras de MS. (Foto: Arquivo / Marcelo Victor)Coronel Davi acredita que Pefron será um avanço importante para as fronteiras de MS. (Foto: Arquivo / Marcelo Victor)

Mato Grosso do Sul é rota para entrada de drogas em território brasileiro, mas também é campeão nacional de apreensões, segundo o comandante geral da Polícia Militar, Coronel Carlos Alberto David dos Santos.

No último trimestre, foram atendidas 275 ocorrências de drogas em Mato Grosso do Sul, resultando em apreensões de 458 toneladas de maconha e 17 toneladas de cocaína, de acordo com o relatório de atividades policiais divulgado pela Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública.

O Estado faz fronteira com Paraguai e Bolívia, países produtores de drogas. “Cuidar da fronteira é atribuição do governo federal, mas nós estamos fazendo a nossa parte com o DOF em Dourados e com as unidades da Polícia Militar e Civil nas fronteiras”, afirma o Coronel Davi. “Não é a toa que Mato Grosso do Sul é campeão nacional de apreensões de drogas”.

Para o comandante da PM, um avanço importante no combate ao narcotráfico será a implantação do Pefron (Policiamento Especializado de Fronteiras), pelo governo federal. “O Estado já assinou convenio e terá investimento grande no DOF [Departamento de Operações de Fronteira] e a Polícia Militar receberá viaturas para serem posicionadas na região de fronteira”, disse.

Pelas fronteiras também entram armas no País. No terceiro trimestre deste ano, foram apreendidas quatro espingardas ou carabinas, 12 pistolas e 98 revólveres, de acordo com o relatório da Secretaria de Segurança Pública.

Estudo feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que a região Centro Oeste foi a segunda com menor percentual de pessoas que disseram estar seguras em casa.

Mas Mato Grosso do Sul é o melhor da região e o 4º melhor do País em sensação de segurança, segundo o comandante. "Mais de 62% da população disse se sentir segura", afirmou.

Sete cidades de MS são portas de entrada para armas e drogas
Das 17 cidades que são rota para entrada de armas e drogas em território brasileiro, sete estão localizadas em Mato Grosso do Sul. O levantamento, di...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...


parabéns a policia militar e parabens a policia de fronteira,continue sempre assim, proibindo q drogas chega en nosso pais... parabens.
 
luiz carlos em 21/12/2010 09:28:39
PORQUE SE RECOLHEM TANTAS DROGAS, E AINDA PODEMOS VER TANTAS CRIANÇAS, JOVENS , ADOLESCENTES E ATÉ MESMO ADULTOS CONSUMINDO E SE MATANDO AOS POUCOS.SERIA MUITO BOM PODER ACREDITAR QUE ALGO REALMENTE ESTA SENDO FEITO, MAS A REALIDADE É OUTRA, A POLICIA TEM A OBRIGAÇÃO DE FAZER SEU PAPEL E A SOCIEDADE A DELA.SERÁ QUE ESTAMOS REALMENTE PREOCUPADOS COM AQUELES QUE ESTÃO SENDO CONSUMIDOS PELA DROGA OU DESDE QUE NÃO SEJA ALGUEM DE NOSSA FAMILIA NÃO DAMOS A MINIMA.PENSE NISSO!
 
LEILA SOARES em 21/12/2010 07:58:38
nós policiais estamos fazendo nossa parte falta o governo fazer a sua parte. cadê o apoio do governo para a nossa PEC 300, R$ 1.785,00 é o que valemos, da a metade do percentual do aumento que os parlamentares tiveram....socooooooorro!
 
CRISTIANE MIRANDA em 21/12/2010 06:50:16
Parabéns pelas estatísticas! No entanto, não posso afirmar que faço parte dos 62%DA POPULAÇÃO que se "sente seguro" com a atuação da PM. Minha comunidade carece da atenção de uma UNIDADE POLICIAL - a fim de que a atuação da PM seja eficaz!
No último domingo aconteceram dois episódios em que a população teve que tomar a "iniciativa" de prender os meliantes até a chegada da viatura . Até um Taxista foi salvo pela população que impediu uma tragédia. Nossa região cresceu e não podemos ficar a mercê de uma atendimento esporádico com a "visita" da PM. Estamos a mais de 10 km de distancia da UNIDADE POLICIAL (Moreninha II - com apoio da outra unidade no B. TIRADENTES). Aqui na comunidade temos muitos PMs que estão na reserva. Eles tem até utilizado suas armas para por ordem da situação. Outro dia, um meliante tomou um tiro quando praticava assalto num bar. O PM da reserva lascou bala! Não podemos contar com essas condições! QUEREMOS UNIDADE POLICIAL JÁ! (com isso vai atender o Maria ap. Pedrossian, Samambaia, Panorama, Vivendas do Parque, Conj. Oiti, Residencial Fernando Sabino e o Resid. Damha) ... Sr. Comandante - Cel. Davi, - garantir segurança nas fronteiras é muito importante. Só que nossas comunidades da região leste do BANDEIRA - carece também dessa atenção!
O povo aqui não tem ânimo nem para registrar o B.O. - Prof. Janio Macedo - Presidente da Comunidade Maria Ap. Pedrossian.
 
Prof. Jânio Batista de Macedo em 21/12/2010 01:47:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions