A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/03/2008 09:06

Estrago causado pela chuva faz Trad decretar emergência

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB) decretou situação de emergência nesta segunda-feira por conta dos estragos provocados pela chuva do último domingo. Ele menciona os problemas causados na saída para Cuiabá (MT), onde foram abertas duas crateras, uma no Jardim Anache, no acesso ao hospital São Julião e outra na BR-163, próximo ao supermercado Macro. O decreto de situação de emergência ampara a prefeitura na busca de recursos para obras emergenciais.  

No local, moradores reclamaram que como não há obras de drenagem na região e o asfalto já vinha cedendo com a ação das águas. O decreto assinado pelo prefeito é válido por 90 dias para as regiões do Segredo, na Avenida Cônsul Assaf Trad, no sentido da BR-163; próximo ao acesso ao condomínio Alphaville e na rua Lino Vilachá, no bairro São Julião, que dá acesso ao hospital. Na região da saída para Cuiabá, no Jardim Anache, a chuva provocou inclusive destruição de postes de energia elétrica.

O prefeito argumenta, no decreto, que nestes primeiros dias de março já choveu o equivalente à média histórica para todo o mês, o que obrigou a defesa civil a tomar medidas de urgência para socorrer a população. Os problemas vão de um extremo a outro da cidade. Na região da saída para Rochedo, bairros como o Santo Amaro, por exemplo, têm ruas onde casas ficam completamente alagadas quando chove, como a Tiruana. 

As obras para contenção de enchentes começaram no ano passado, dois anos após grandes estragos provocados pelas fortes chuvas do início de 2005. O cronograma das obras está atrasado. A previsão inicial era terminar as obras em pontos críticos em março, mas a nova previsão é em abril. O atraso é atribuído às chuvas.
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions