A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/01/2008 10:27

Exame de empresário morto dá positivo para febre amarela

Redação

Deu positivo para febre amarela a sorologia feita para identificar a causa da morte do empresário Nelson Machado Ribeiro, de 44 anos, que faleceu na quinta-feira passada (24 de janeiro), no Hospital Universitário de Campo Grande. Ele veio transferido do hospital municipal de Maracaju, onde foi internado no dia 20, com uma forte dor no abdôme e icterícia (olhos e pele amarelados), sintoma típica da febre amarela e outras doças que atacam as funções hepáticas.

Com o diagnóstico positivo, novos testes deverão ser feitos agora num laboratório em Belém, no Pará, segundo apurou o Campo Grande News . A principal suspeita é que o empresário tenha sido vítima de uma reação adversa à vacina, como foi divulgado na semana passada pelo site.

Os exames para febre amarela e outras doenças que podem ter matado o empresário, entre elas leptospirose e hepatite foram pedidos na terça-feira passada, quando ele foi atendido no HU transferido de Maracaju. O responsável pelos testes é o Lacen (Laboratório Central), mantido pelo governo estadual.

O caso já deve ser incluído no boletim de hoje do Ministério da Saúde como suspeita de morte. Seria a 11ª no País, a primeira no Estado desde 19996.

Neste momento, estão reunidos na Secretaria de Saúde o comitê criador para monitorar casos da doença no Estado desde que começaram a surgir casos. Dois já haviam sido atribuídos a Mato Grosso de turistas vindos de São Paulo, sem mortes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions