A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/08/2009 08:29

Exame descarta gripe suína em professora morta dia 27

Redação

A professora Andréia da Silva Marques, 24, moradora em Caarapó e que morreu no HU (Hospital Universitário) de Dourados no dia 27 de julho, não estava com gripe suína.

O resultado do exame laboratorial feito pelo Instituto Adolfo Lutz (São Paulo) foi divulgado há pouco pela diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Dourados, Sílvia Bosso.

Andréia tinha participado de um evento religioso em Campo Grande juntamente com outras pessoas de Caarapó, que também apresentaram sintomas moderados da doença e foram tratadas na própria cidade.

Já a professora começou a apresentar os sintomas no dia 24 e no dia 26 foi internada no Hospital da Vida, em Dourados. Dois dias depois foi levada para o Hospital Universitário, referência regional no atendimento de casos suspeitos de gripe suína. Com quadro grave de pneumonia, Andréia morreu no mesmo dia.

A saúde pública coletou material e enviou a mostra ao Adolfo Lutz. A morte da professora foi tratada como a primeira de Mato Grosso do Sul por suspeita de gripe suína, mas hoje o resultado mostrou que ela não contraiu a doença que se tornou pandemia em todo o mundo.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions