A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/06/2010 09:18

Exame descarta que leishmaniose tenha matado adolescente

Redação

Exame de punção de medula, feito para detectar a causa da morte de Luana Sara de Arruda, de 15 anos, em Corumbá, descartou a presença do parasita causador da leishmaniose.

O resultado do exame saiu no último dia 8 de junho e foi divulgado pelo site Capital do Pantanal.

O Secretário de Saúde Pública de Ladário, Cleber Colleone, explicou, porém, que o resultado não é 100% conclusivo: "Pois para detectar leishmaniose é preciso de outros exames, como exame clínico e de sangue que foram feitos e deram positivo, inclusive o médico que diagnosticou a jovem não tinha dúvidas de que fosse leishmaniose".

Colleone enfatizou que para ter um resultado mais preciso a Secretaria de Saúde solicitou ao Laboratório Central de Saúde Pública a repetição do exame de punção de medula e agora estão aguardando a resposta para saber se será feito um outro exame.

Segundo o secretário, na região onde a adolescente morava, em Ladário, já havia algumas suspeitas de leishmaniose canina, inclusive de um cão da família da adolescente. A jovem morreu no Hospital de Caridade de Corumbá.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions