A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/06/2009 16:54

Exame descarta relação sexual no dia que policial morreu

Redação

Laudo do Instituto de Análises Laboratoriais Forenses descartou relação sexual da policial civil Eliane Yamazaki, 35 anos, no dia do seu assassinato. O resultado do exame foi anexado ao processo contra o policial civil Cleidival Antônio Vasques Bueno, réu confesso do assassinato da agente.

De acordo com o laudo assinado pelas peritas Josemirtes Socorro Fonseca Prado Silva e Thelma da Silva Conceição, não foi constatada presença de material biológico masculino (esperma) nas amostras coletadas.

O resultado do exame foi o motivo do adiamento dos depoimentos das quatro testemunhas de acusação, previstos para hoje, para segunda-feira.

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluizio Pereira dos Santos, também determinou ao Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) a realização de busca na casa do acusado do crime para tentar localizar o celular de Elaine. O aparelho de telefone está desaparecido desde a madrugada do homicídio, no dia 13 de março deste ano.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions