A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/12/2009 13:41

Fábrica é multada e fechada após vazamento de amônia

Redação

A fábrica de refrigerantes Funada, em Campo Grande, foi multada em R$ 50 mil e fechada pela PMA (Polícia Militar Ambiental), devido ao vazamento de amônia ocorrido na empresa nessa quarta-feira.

De acordo com a PMA, no local foi verificado que a amônia escorreu por galeria pluvial, causando um forte odor em frente à empresa. Qualquer pessoa que se aproximasse da frente da fábrica, sentia o forte odor do gás.

Dependendo da quantidade inalada, o gás, utilizado para acelerar a refrigeração, pode causar asfixia, irritação na pele, nos olhos, náuseas, queimaduras e o contato pode causar câncer e cegueira.

Segundo a PMA, a empresa só tinha licença de instalação e não tinha licença ambiental de operação, portanto, não poderia estar funcionando.

Diante dos fatos, a PMA efetuou um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 50 mil. Além disso, as atividades foram interditadas até a legalização, junto ao órgão ambiental competente. Caso a empresa volte a funcionar sem a licença de operação, poderá ser multada novamente, por descumprir os termos de interdição.

Um técnico do Imasul (Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) também esteve com os policiais ambientais no local e fará um laudo a respeito da possível poluição e possíveis danos ambientais que possam ter sido causados pela a amônia derramada. Se for confirmado dano ambiental por poluição a empresa será multada também por esta infração.

O vazamento ocorreu por volta de 11 horas em um cilindro da casa de máquinas. Dois funcionários apresentaram sintomas de intoxicação e foram encaminhados pelo Corpo de Bombeiros para atendimento médico.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions