A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

17/05/2010 06:07

Faculdades só podem reter 10% do valor da matrícula

Redação

Lei sancionada pelo governador, André Puccinelli (PMDB) e que começa a valer a partir desta segunda-feira trata das regras para restituição de valores de matrículas por instituições de ensino superior particulares de Mato Grosso do Sul.

O valor máximo que pode ficar retiro, a título de ressarcimento de despesas administrativas, é de 10% do valor pago.

Os alunos que forem aprovados em outros processos seletivos e desejarem a restituição do valor da matrícula, precisam fazer a solicitação até cinco dias úteis após a divulgação do resultado do vestibular em que eles foram aprovados posteriormente. O requerimento terá de ir acompanhado da comprovação da aprovação no processo seletivo.

Igualmente, o prazo para que a instituição faça o reembolso da matrícula também é de até cinco dias úteis. O não cumprimento da Lei implica na aplicação de penalidades previstas pelo Código de Defesa do Consumidor. Em caso de descumprimento as denúncias devem ser levadas ao Procon (Coordenadoria de Orientação e Defesa do Consumidor).

Adoção

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions