A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

09/10/2008 09:51

Falta de segurança contribuiu para assassinatos em série

Redação

O prefeito de Rio Brilhante, Donato Lopes da Silva, que está em Campo Grande, acredita que a falta de efetivo policial tenha contribuído para que ocorressem os três assassinatos em série no município.

Ele diz que há seis meses já havia pedido reforço ao secretário de Justiça e Segurança Pública, Vantuir Jacini e foi informado que assim que a nova turma de policiais aprovados em concurso estivesse formada o efetivo da cidade seria engrossado.

O prefeito afirma que a cidade vive um clima de horror e isso está fez com que as salas de aulas se esvaziassem no período noturno. Para ele, a prisão do adolescente de 16 anos, que confessou os assassinatos em série, pode restabelecer a tranqüilidade no município.

O prefeito alega que a administração municipal tem feito sua parte, garantindo iluminação nos bairros e fornecendo, quando necessário, alimentação e gasolina a polícia. Donato Lopes está em Campo Grande, na Delegacia Geral de Polícia Civil, onde será concedida uma entrevista coletiva esclarecendo o crime.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions