A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

09/10/2008 09:51

Falta de segurança contribuiu para assassinatos em série

Redação

O prefeito de Rio Brilhante, Donato Lopes da Silva, que está em Campo Grande, acredita que a falta de efetivo policial tenha contribuído para que ocorressem os três assassinatos em série no município.

Ele diz que há seis meses já havia pedido reforço ao secretário de Justiça e Segurança Pública, Vantuir Jacini e foi informado que assim que a nova turma de policiais aprovados em concurso estivesse formada o efetivo da cidade seria engrossado.

O prefeito afirma que a cidade vive um clima de horror e isso está fez com que as salas de aulas se esvaziassem no período noturno. Para ele, a prisão do adolescente de 16 anos, que confessou os assassinatos em série, pode restabelecer a tranqüilidade no município.

O prefeito alega que a administração municipal tem feito sua parte, garantindo iluminação nos bairros e fornecendo, quando necessário, alimentação e gasolina a polícia. Donato Lopes está em Campo Grande, na Delegacia Geral de Polícia Civil, onde será concedida uma entrevista coletiva esclarecendo o crime.

UFMS divulga resultado do concurso público com 58 vagas para professor
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou o resultado do concurso público para preenchimento das 58 vagas dos cargos de professor....
Resultado do Sisu já pode ser consultado pela internet
O MEC (Ministério da Educação) liberou o resultado do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instit...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions