A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/01/2008 13:32

Família denuncia clube após garota fraturar perna

Redação

O passeio ao clube Águas do Pantanal, na saída para Três Lagoas, no último domingo resultou em uma denúncia de lesão corporal culposa por parte da família de Juliana Cristina de Oliveira, de 11 anos. De acordo com a tia, Sônia Aparecida Paiva, a garota, que mora em Minas Gerais e passa férias em Campo Grande, se machucou após escorregar no tobogã. "Ela começou a se afogar e foi socorrida por um banhista", conta Sônia, que não estava presente, mas foi informada sobre o acidente. Com a perna esquerda machucada, a garota foi levada para uma sala do clube. Conforme Sônia, já no local, uma funcionária do clube perguntou se eles tinham carro e não chamou uma ambulância. "Ela dizia que era uma luxação, enquanto minha sobrinha chorava de dor".

A família recebeu auxílio de pessoas que trabalham no Samu. "Eles estavam lá a passeio, mas orientaram para não mexer porque o osso poderia atingir uma veia. Então, do meu celular, chamaram a ambulância, que chegou em 15 minutos", recorda. A garota esperou das 10h30 às 13h15 por socorro.

Juliana foi levada para a Santa Casa, onde foi constatada a fratura na tíbia. Ela teve que colocar pinos na altura da canela. "No clube, falaram que não se responsabilizam por nada. Ainda não li o contrato, mas vim atrás dos direitos dela. Ela é uma criança e tinha que ter recebido atendimento", enfatiza. O caso foi registrado na DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) como lesão corporal.

O outro lado-O gerente do clube, Cleverson Cezar Janiski, disse que não houve negligência ou omissão. Conforme ele, o clube não fez o encaminhamento porque foi recomendando que mantivesse a menina imobilizada, confirmando a versão sobre os funcionários do Samu. Conforme ele, a direção também havia acionado o serviço de socorro.

Segundo ele, no contrato há cláusula orientando que o clube não se responsabiliza no caso de ferimentos. Janiski diz que há até no contrato esclarecimentos sobre o uso correto do tobogã e diz que a menina teria descido de forma errada. Ele informou ainda que há salva-vidas e seguranças no local.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions