A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/02/2009 07:13

Família denuncia falta de atendimento do Samu a bebê

Redação

Os pais de Wanderson Gabriel, de apenas 5 dias de vida, reclamam do que consideram omissão de socorro por parte do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A mãe do recém-nascido sofreu uma crise convulsiva e a criança caiu de seus braços, às 12 horas, no Posto de Saúde do Bairro Guanandi, de onde foi socorrido por uma viatura da PM (Polícia Militar). O pai da criança afirma que havia ambulância do Samu na unidade médica, que não foi empenhada no atendimento.

João Antônio dos Santos Cardoso, 19 anos, conta que a esposa Walquíria Ortiz de Souza fazia uso de medicamento controlado e por orientação médica teve de suspender a medicação para amamentar Wanderson, o primeiro filho do casal. Devido à falta do remédio, ela teve crises convulsivas e foi ao Posto de Saúde do Bairro Guanandi.

Do Bairro Oliveira II, a família foi à unidade médica com uma viatura da PM (Polícia Militar), que atendia uma ocorrência perto da casa. Cardoso afirma que no Posto de Saúde havia apenas o pediatra, que examinou o bebê, atestou conjuntivite e avaliou o quadro da mãe como normal.

Walquíria foi liberada para voltar à casa e, quando estava na escada da unidade médica, sofreu outra convulsão. O filho caiu no chão, segundo o pai, a altura de 1,5 metro.

A família pediu a um funcionário do Posto de Saúde que a ambulância do Samu encaminhasse o bebê à Santa Casa, porém, não obteve êxito. A informação repassada era de que a Central do Samu não havia liberado o deslocamento.

Ele questionou como poderia levar o filho ao hospital e obteve a resposta: "se você quiser mesmo levar leva até a pé". "Pior que a indignação é a humilhação", lamenta o pai.

Pessoas que estavam no Pronto-Socorro da Santa Casa no início da tarde testemunharam a dedicação dos policiais militares ao bebê. "Eu agradeço a PM porque isso nem é serviço dela", conclui o pai.

No fim da tarde de hoje, o estado de saúde da criança melhorou, assim como o de Walquíria, que ficou em observação no Posto de Saúde.

Samu

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions