A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/05/2009 15:27

Famílias querem ser indenizadas após explosão em Corumbá

Redação

A explosão no fim da tarde de ontem em Corumbá atingiu oito casas nas ruas General Osório e Edu Rocha. O acidente ocorreu quando a empresa responsável por obras do PAC no município usou explosivos para desobstruir rochas em trechos de obras de esgotamento sanitário do PAC1, no bairro Nossa Senhora de Fátima.

Algumas residências foram atingidas por pedras de até cinco quilos e agora estão sob risco de desabamento de telhados ou paredes, indica laudo dos Bombeiros.

Segundo o site Capital do Pantanal, pelo menos 40 moradores estão com a moradia comprometida, mas só uma pessoa ficou ferida.

Por enquanto, só existe a promessa da empreiteira Cinco Estrelas, responsável pela obra, de recuperar os estragos até o final da semana. Mas as vítimas cobram indenização pelos objetos pessoais destruídos.

Hoje, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Municipal vistoriaram os imóveis atingidas e a Sanesul se comprometeu fiscalizar de forma mais rigorosa os procedimentos adotados durante as obras, principalmente, dos serviços de explosão de dinamite para abrir as valas por onde passarão os dutos de esgoto.

A rede em implantação terá 180 km de extensão, dos quais 70% estão sob terreno rochoso, o que demanda explosões.

A Sanesul também informou que não tinha conhecimento de que haveria denotação ontem no bairro Nossa Senhora de Fátima.

Os moradores contaram que foram avisados apenas momentos antes da dinamite ser acionada.

José Soares, de 70 anos, ficou dentro de casa e acabou ferido. Ele foi encaminhado ao hospital com escoriações por todo corpo, depois de ser atingido pelas telhas que o atingiram enquanto dormia.

Sete pessoas de uma família foram alojadas em um hotel por conta da empreiteira. (Informações do Capital do Pantanal)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions