A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/12/2011 12:17

Fluxo de veículos aumenta 25% nas rodovias federais de MS, diz PRF

Fernando da Mata

Aumento do fluxo foi registrado no primeiro dia da operação de fim de ano nas BRs do estado. Fiscalização especial segue até o dia 2

Movimento de veículos na BR-163, em Campo Grande (Foto: Fernando da Mata)Movimento de veículos na BR-163, em Campo Grande (Foto: Fernando da Mata)

O fluxo de veículos nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul aumentou, em média, 25% nesta sexta-feira (16), primeiro dia da Operação Fim de Ano. Um dos trechos com fluxo mais intenso é a BR-163, que corta o estado de norte a sul.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a movimentação deve aumentar ainda mais na próxima semana. Nos feriados e vésperas, por exemplo, o aumento pode atingir até 100%.

O superintendente da PRF, inspetor Ciro Vieira Ferreira, disse ao Campo Grande News que o objetivo principal da operação é reduzir o número de acidentes e mortes nas estradas nas festas de fim de ano. Na virada de 2010 para 2011, por exemplo, foram registrados 198 acidentes e oito mortes.

Ferreira faz algumas orientações para os condutores que forem viajar. “Primeiro, verificar documentação e equipamentos obrigatórios do veículo. Em segundo lugar, obedecer as normas de sinalização e ter atenção redobrada, prudência e responsabilidade, além do atentar para o uso do cinto de segurança, que ajuda bastante na redução do número de vítimas de acidentes”, frisou o superintendente.

O foco da operação é a conscientização do condutor. Segundo o inspetor José Ramão Mariano, o excesso de velocidade e a desobediência da sinalização são os grandes fatores de causa de acidentes. “O que o condutor tem que entender é que ele é a grande vítima da própria imprudência dele”.

Ainda de acordo com Mariano, atenção deve ser redobrada também em relação ao transporte de crianças, com usos de assentos adequados.

O motorista de carreta Antônio Carlos Monteiro, de 52 anos, foi abordado pelos policiais no posto de Campo Grande da BR-163 e aprovou a fiscalização especial. “Isso é muito bom, tem que ser desse jeito para dar mais segurança.”

De passagem pelo estado, o servidor público Rodrigo Castro Vila, de 38 anos, não sabia do início da operação. Depois de ser orientado, ele avaliou positivamente a ação. “Tudo de bom, com certeza garante mais segurança nas estradas”, enfatizou Vila.

Operação Fim de Ano - Cerca de 380 policiais rodoviários federais já fiscalizam os 3.409 quilômetros de rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Além dos 22 postos de fiscalização, a PRF trabalhará com equipes volantes ao longo dos trechos.

Os equipamentos disponíveis para auxiliar na fiscalização são dois radares fotográficos fixos, 25 radares móveis, 40 bafômetros e 50 viaturas.

Algumas rodovias receberão atenção especial na fiscalização. Além da BR-163, que tem maior fluxo de veículos e índice de acidentes alto, os trechos ‘especiais’ são as BRs 262, 267 (de Nova Alvorada do Sul até a divisa com São Paulo), 463 (acesso à cidade paraguaia de Pedro Juan Caballerro) e rodovias de apelo turístico (acessos à Bonito, Jardim, Rio Verde).

A operação nas estradas federais segue até à meia-noite do dia 2 de janeiro.

Até o fechamento desta reportagem, a PRF havia registrado um acidente desde o início da operação no estado, na BR-163, município de Coxim. Ainda não há informações sobre vítimas e os veículos envolvidos.

Superintendente da PRF passando orientações para os agentes (Foto: Pedro Peralta)Superintendente da PRF passando orientações para os agentes (Foto: Pedro Peralta)
Fiscalização no posto da PRF da BR-163, em Campo Grande (Foto: Pedro Peralta)Fiscalização no posto da PRF da BR-163, em Campo Grande (Foto: Pedro Peralta)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions