A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

23/01/2015 17:24

Funcionário da CCR encontra trompete na BR-163 e devolve para o dono no PR

Priscilla Peres
Funcionário da empresa foi até o Paraná devolver o instrumento para o dono. (Foto: Assessoria)Funcionário da empresa foi até o Paraná devolver o instrumento para o dono. (Foto: Assessoria)

Há menos de um ano, a CCR MSVia assumiu a administração da BR-163 em Mato Grosso do Sul, até então considerada a rodovia da morte. Porém, com mais de 500 colaboradores distribuídos em 17 bases operacionais, histórias inusitadas começaram a surgir. Em novembro, trabalhadores encontraram um trompete às margens da rodovia e fizeram questão de devolver ao dono.

De acordo com a CCR MSVia, na madrugada do dia 8 de novembro por volta das 3 horas da manhã, o colaborador Ezequiel Silvestre operava um veículo responsável pela inspeção de tráfego, quando encontrou um objeto jogado as margens da rodovia, próximo ao km 515, na região de Jaraguari (MS).

“Eu não sabia o nome exato então passei para o controle que era um instrumento parecido com um saxofone pequeno, fui saber depois que chamava trompete”, lembra. Após recolher o objeto, ele encaminhou para a sede onde ficou guardado até a equipe da ouvidoria encontrar um número de telefone em um hinário de partituras que se estava dentro do estojo.

A partir do contato, que era do antigo dono do instrumento e que mora em Cascavel, no Paraná, a Ouvidoria da CCR chegou até a Congregação Cristã do Brasil, para onde o objeto foi doado. De lá para cá, os funcionários falaram com várias pessoas até chegar no regente da orquestra e depois no dono do trompete.

Viagem - Ao sair de férias com sua família em outubro do ano passado, o construtor Edvaldo Gomes do Amaral foi visitar o pai que mora em Cuiabá (MT). Junto, estava o filho, Edjunior Amaral dos Santos, de 17 anos, dono do instrumento. Após uma longa viagem, pararam em Jaraguari (MS) para lanchar e pegar alguns pertences em suas bagagens, onde estava o estojo com o trompete.

Nesse momento, o instrumento da marca Eagle com afinação em si bemol e avaliado em torno de R$ 2 mil, caiu do carro. “Quando ele me disse que não tinha ficado lá, suspeitamos que tivesse caído na estrada, já sem esperança de reavermos. Ficamos só na torcida que uma boa pessoa encontrasse e devolvesse.”, conta o pai Edvaldo.

Ezequiel, o trabalhador que encontrou o trompete, viajou até Paranava/PR para entregar o trompete e conhecer Edjunior, que agradeceu emocionado. “Não tenho palavras para agradecer a toda equipe que se mobilizou para me entregar o instrumento. É um gesto que tem muita importância pra mim. Esse trompete tem um valor emocional pra mim muito maior que o material, e eles fizeram questão de vir pessoalmente entregar”.

Ao longo dos 845,4 quilômetros da 163, a concessionária disponibiliza o SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário, disposto em 17 Bases Operacionais ao longo das 21 cidades lindeiras, localizadas em média a cada 50 quilômetros e formado por uma equipe de aproximadamente 500 colaboradores que operam uma frota composta de 79 veículos, 24 horas por dia, todos os dias da semana.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions