A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/11/2009 15:11

Funcionário público teria matado professor de matemática

Redação

O funcionário público municipal Edílson Ribeiro da Silva, 21 anos, foi indiciado pelo assassinato do professor de matemática em Campauã, Divani Rodrigues da Silva, 52 anos. Ele se apresentou espontaneamente por volta das 12h de hoje na Delegacia de Polícia do município, localizado a 142 quilômetros da Capital.

Conforme a Polícia Civil, o servidor foi o último a ser visto passeando de carro com o professor na véspera do crime. Silva foi encontrado morto no domingo passado e Edílson Silva havia desaparecido.

Silva não era casado e foi encontrado sem roupas, com um fio amarrado ao pescoço sobre a cama da própria residência, localizada na Vila Martins Borges.

O servidor teria confessado o crime. Ele continua na delegacia, apesar da Justiça ainda não ter decretado a sua prisão temporária ou preventiva, segundo funcionários da unidade.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions