A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/07/2014 15:00

Governador e prefeito pedem aumento de R$ 5,5 milhões no repasse do SUS

Edivaldo Bitencourt e Ludyney Moura

O governador André Puccinelli (PMDB) e o prefeito Gilmar Olarte (PP) voltaram para nova reunião, nesta quinta-feira (10) em Brasília, para pedir aumento de R$ 5,5 milhões por mês no repasse do SUS (Sistema Único de Saúde) a Mato Grosso do Sul. Os recursos serão destinados para os tratamentos de média e alta complexidade.

Não foi divulgado o horário do encontro com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, que terá a participação do senador Waldemir Moka e do deputado federal Geraldo Resende, ambos do PMDB, do vice-prefeito de Dourados, Odilon Azambuja (PMDB), e dos secretários estadual de Saúde, Antônio Lastória, e municipal da Capital, Jamal Salem.

Puccinelli fez a solicitação pela primeira vez no dia 28 de maio deste ano. Dos R$ 5,5 milhões, serão R$ 3,5 milhões para Campo Grande, R$ 1,5 milhão para Dourados e R$ 500 mil para o Fundo Estadual de Saúde.

A expectativa de Jamal é de que o Governo federal anunciou hoje o aumento no teto. Os hospitais da Capital reclamam de déficit nas contas. O Hospital do Câncer acumula um déficit mensal de R$ 400 mil, enquanto a Santa Casa deve chegar a mais de R$ 2 milhões no segundo semestre.

Hospital tem déficit de R$ 400 mil por mês e pede aumento de repasse federal
O para tentar sanar as dívidas, representantes do Hospital do Câncer Alfredo Abrão se reuniram com o prefeito Gilmar Olarte (PP) e o secretário munic...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions