A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/11/2013 12:59

Governador libera R$ 11 milhões em emendas parlamentares a 64 cidades

Luciana Brazil e Leonardo Rocha
Governador libera emendas parlamentares na Assembleia. (Fotos: Cleber Gellio)Governador libera emendas parlamentares na Assembleia. (Fotos: Cleber Gellio)

O governador André Pucinelli (PMDB) liberou hoje (27), durante solenidade na Assembleia Legislativa, R$ 11, 3 milhões em emendas parlamentares que serão destinadas à saúde e transferidas a 64 municípios do Estado. A verba será usada na compra de materiais, equipamentos, medicamentos, veículos para hospitais e na implantação de academias ao ar livre.

Cada deputado apresentou R$ 800 mil em emendas. O valor multiplicado por 24 parlamentares totaliza R$ 19, 2 milhões. Dos R$ 11, 3 milhões liberados hoje, R$ 1,2 milhões foi destinado às entidades do Estado.

Pucinelli afirmou que espera entregar o restante do recurso, os R$ 8 milhões, antes do Natal. Essa verba será destinada à educação e assistencial social.

O governador relembrou o primeiro ano de mandato, quando os deputados recebiam R$ 500 mil em emendas. “No segundo ano passamos para R$ 600 mil, no terceiro para R$ 700 mil e no quarto para R$ 800 mil. Agora estamos no sétimo ano e continuamos com R$ 800 mil. Quem sabe chegamos a R$ 1 milhão no próximo ano. Vamos trabalhar para isso”, afirmou.

A demora na transferência das emendas, conforme Pucinelli, se deu por conta da burocracia. “Precisamos achar um meio jurídico para fazer o repasse”.

Deputado Londres Machado assina emenda e cumprimenta governador. Deputado Londres Machado assina emenda e cumprimenta governador.

O deputado Junior Mochi (PMDB) ressaltou que, apesar das quantias serem pequenas para cada município e instituições, o valor faz a diferença no dia a dia das prefeituras. Mesmo que um local receba R$ 50 mil, a quantia vai ajudar nas demandas.

“No fim o cidadão que está na ponta do processo será atendido. Ainda é pouco, precisamos de mais. Porém é assim que fazemos a nossa parte”.

Almejando valores ainda maiores para as emendas, o deputado Rinaldo Modesto (PSDB) afirmou que o dobro do valor atual seria ainda melhor no aporte aos municípios.

“Eu gostaria que aumentasse para R$ 1 milhão para cada deputado. Ou até mesmo que subisse para R$ 1,6 milhão, o dobro. Não conseguimos atender a demanda que existe, mas sempre damos um jeito de ajudar a todos”.

Representando as entidades, o coordenado da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Rodrigo Lucchesi Cordeiro, lembrou que são atendidas três mil crianças por mês. A emenda segundo ele vai ajudar, principalmente no transporte das crianças. “Esta ajuda traz qualidade de vida para as pessoas e estrutura para a instituição que necessitam da contribuição do poder público”.

O governador afirmou que deverá arrecadar cerca de R$ 120 milhões para terminar seu mandato em 2014, com as contas zeradas, sem dívidas. “Para isso vou fazer um estudo, um planejamento para ver se conseguimos chegar a um milhão para as emendas”.

Deputado Eduardo Rocha também assina emenda. Deputado Eduardo Rocha também assina emenda.

Prefeitos: Para o prefeito de Caracol, Manoel Viais (PT), todas as emendas dos deputados serão bem vindas. “A princípio o dinheiro é pouco, mas as emendas servirão para transportar os pacientes com mais qualidade para Capital”.
Além das emendas, ele espera que o governador continue dando aporte para a saúde do município, além dos benefícios oriundos do programa MS Forte.

Darcy Freire (PSDB) prefeito de Douradina, a 196 km de Campo Grande, recebeu R$ 175 mil em emendas parlamentares.

Segundo ele, a verba será usada para a “compra de ambulância, compra de carros que serão usados na assistência social e também na compra de veículos para saúde”. Ele afirmou que o dinheiro será usado também para a montagem de academias ao ar livre. “Essa ajuda vai reforçar muito o transporte no município.”

A cidade de Rio Verde recebeu R$ 80 mil, que segundo o prefeito Mario Kruger (PT), serão investidos em medicamentos e equipamentos. “Em uma cidade pobre como a minha, qualquer ajuda já faz diferença. Não somos sonhadores em querermos um montante alto. Somos realistas com o recurso que recebemos”.

O prefeito aproveitou para criticar alguns deputados. “Alguns deputados, que foram muito bem votados em Rio Verde, um deles teve até 900 votos, não enviou emenda para o município. Por isso sou a favor do voto distrital”.

Emendas parlamentares garantem R$ 17 milhões para 43 municípios de MS
O deputado federal Fábio Trad (PMDB-MS) recebeu a confirmação dos Ministérios da Saúde e das Cidades do empenho de R$ 17 milhões referentes a emendas...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions