A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/01/2013 19:52

Governo orienta secretários de saúde a apurar falta de médicos ao trabalho

Aline Leal, da Agência Brasil

O Ministério da Saúde lançou esta semana um protocolo que orienta os secretários de saúde estaduais e municipais a apurar o comparecimento dos médicos nos seus horários de trabalho e a efetividade da atuação desses profissionais.

Elas vão orientar os secretários estaduais e municipais de saúde sobre as atitudes a serem tomadas em casos de ausência de médicos dos serviços de urgência e emergência de hospitais das unidades de saúde de gestão pública, de organizações sociais (OS), de organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e de entidades filantrópicas que tenham atendimento a casos clínicos, pediátricos, cirúrgicos e traumato-ortopédicos.

O documento traz, por exemplo, duas possibilidades de procedimento para situações de imprevisto. Se for constatada falta justificada de um médico, cabe à direção do hospital providenciar a substituição, sob o risco de ser penalizada nas áreas administrativa, ética e criminal.

Caso a falta seja injustificada, cabe ao diretor do hospital a apuração das responsabilidades do profissional. Se a auditoria constatar que não houve apuração, a responsabilidade seguirá para os secretários de saúde.

O protocolo está disponível para os secretários de saúde, municipais e estaduais no Sistema de Auditoria do SUS (Sisaud) e na página do Sistema Nacional de Auditoria (SNA) do Ministério da Saúde.



Muito bom sr.governador deve se investigar mesmo, desconfio que muitos estao fazendo do servico público um bico. Preste atencao há medico que chega 6 horas e 6:15 ja sai em apenas 15 minutos atende no servico público. Investiguem.
 
edilson pereira da silva em 19/01/2013 20:50:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions