A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/05/2016 18:20

Governo prevê acabar com custódia de presos nas delegacias até o fim de 2018

Michel Faustino

O governo do Estado tem adotado medidas estratégicas visando a retirada total de presos custodiados em delegacias de Mato Grosso do Sul até dezembro de 2018. De imediato, foi recomendada a remoção de presos condenados pela Justiça das celas para os presídios do Estado.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) lembra que a presença de presos nas delegacias sempre irá existir em decorrência dos flagrantes e cumprimentos de mandados de prisão, mas a ideia é solucionarmos os problemas para que, após os procedimentos legais, os detentos sejam encaminhados aos presídios.

"A superlotação de delegacias e de presídios é uma de nossas preocupações. Estamos construindo uma política eficiente de segurança pública, estruturando as polícias e melhorando as condições de trabalho dos servidores para acolher melhor a população de Campo Grande e do Estado", afirmou o governador.

A solução para esta problemática que tem sido alvo há tempos de reclamações do sindicato que representa os policiais civis do Estado está sendo conduzida por uma comissão formada pela Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública).

Concomitante a medida, o governo do Estado autorizou a realização de concurso para agentes penitenciários, que está em andamento. Ao todo são 438 novas vagas de agente penitenciário nas áreas de segurança e custódia, administração e perícia.

Além disso, as obras do complexo prisional da Gameleira, em Campo Grande, que conta com três unidade prisionais, sendo duas masculinas e uma feminina, que juntas totalizam 1,6 mil vagas, foram aceleradas. As obras contam com investimento de R$ 52,2 milhões.

A aquisição das tornozeleiras eletrônicas têm sido mais célere para que o Poder Judiciário autorize que monitorados, os presos do regime aberto e semiaberto cumpram penas em domicilio.

Policiais mantêm custódia mínima, mas não recuam de entrega de chaves
Após uma semana, o policias de Mato Grosso do Sul mantêm o movimento de entrega de chaves das celas de delegacias, cobrando a transferência dos deten...
MPE apura se presídios do estado respeitam lei de separação de presos
O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito para apurar se os estabelecimentos penais de Campo Grande estão respeitando uma lei aprovada em o...
Com Audiência de Custódia, presos em flagrante terão audiências com juiz em 24h
O programa Audiência de Custódia será instalado em Mato Grosso do Sul na próxima segunda-feira (5). Com isso, o Tribunal de Justiça do Estado, passar...


Parece piada de mau gosto!
O Senhor está estruturando é sua reeleição com tantos gastos em propaganda. O país em crise, pelo menos é isso que alega, e investindo R$ 36.000.000,00 (milhões) em propaganda?
Esse valor daria para adquirir aproximadamente 350 viaturas para as polícias patrulharem meu bairro, por exemplo.
Governo do Estado de Mato Grosso do Sul: "sua prioridade, nosso compromisso".
kkkkkkk... é uma piada mesmo!
 
TOYOSHI SATO em 05/05/2016 18:52:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions