A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/02/2014 11:00

Governo reajusta o Vale Renda em 6,25% e valor da bolsa vai para R$ 170

Leonardo Rocha e Viviane Oliveira
Milene tem quatro filhos e diz que ficou contente com o aumento. (Foto: Marcos Ermínio) Milene tem quatro filhos e diz que ficou contente com o aumento. (Foto: Marcos Ermínio)

O governo estadual fixou o valor de R$ 170,00 para o programa Vale Renda, para o ano de 2014. O programa que atende 60 mil famílias no Estado tem o objetivo de desenvolver ações para famílias carentes, que estão em situação vulnerável. No ano passado o valor era de R$ 160,00, tendo um reajuste de 6,25%.

“Desde que começamos em 2008 fazemos esta correção anual, para que o valor siga o mercado e a inflação, ele tem este cuidado de atender as famílias mais carentes, que moram na periferia”, afirmou o secretário adjunto da Setas (Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social), Álvaro Cardoso de Ávila.

O Vale Renda tem como meta a inclusão social, promoção da cidadania e geração de emprego e renda ao cidadão que está em situação vulnerável, auxiliando para que este possa conseguir independência e melhores condições de vida.

De acordo com Cardoso, em 2013 foram gastos R$ 9,6 milhões por mês com este benefício, com este reajuste chegará a R$ 10,2 milhões mensais em 2014.

“Isto representa um reforço na economia local, principalmente na periferia, movimenta o comércio, pois os beneficiados usam o recurso na padaria, farmácia e açougue”, apontou ele.

Em 2013 foram investidos pelo governo estadual um total de R$ 124, 8 milhões no “Vale Renda” e em 2014 esta cifra chegará a R$ 132,6 milhões.

O programa repassa o benefício em 13 parcelas anuais e recebe atualização no seu valor a cada ano. Além deste apoio financeiro, o beneficiado precisa participar de reuniões socioeducativas mensais, palestras e outras oportunidades de aprendizagem.

“Nós cobramos para que os beneficiados mantenham as crianças nas escolas, participem das reuniões, tenham as vacinações em dia e ainda possam ter cuidado higiênico nas residências, para evitar doenças para família”, afirmou Álvaro.

Existem equipes nas 79 cidades do Estado que fazem o cadastro e acompanhamento das famílias, para certificar que os critérios para obtenção do benefício estão sendo cumpridos.

“Além de irmos as casas das pessoas, quem se enquadrar nos critérios do programa podem procurar nossas sedes nos municípios, em Campo Grande ela fica no bairro Monte Líbano”.

Maria cuida da neta de 10 meses. No momento todos estão desempregados na casa dela.  (Foto: Marcos Ermínio) Maria cuida da neta de 10 meses. No momento todos estão desempregados na casa dela. (Foto: Marcos Ermínio)

A diarista Milene de Oliveira, 25 anos, ficou contente com o aumento. Ela tem quatro filhos pequenos e diz que para quem precisa qualquer quantia é bem vida. “Não estava sabendo ainda do aumento, mais fiquei feliz com a notícia, mesmo que o aumento seja de R$ 10”. Milene também recebe o bolsa família por cada filho, que no total, somando os dois benefícios, dá R$ 400. Segundo ela, esse valor é a única renda da família.

Na mesma situação vive a dona de casa Maria Xavier, 47 anos, que tem dois filhos, um de 13 e 18 anos. Ela também cuida da neta de 10 meses que foi abandonada pela mãe ainda na maternidade. “A criança é filha do meu menino mais velho, que por enquanto está encostado em casa”, diz.

O rapaz, que não trabalhava de carteira assinada, sofreu um acidente e colocou pino na perna. Maria é separada e recebe uma pensão do ex-marido no valor de R$ 600. “Esse vale renda ajuda muito nas despesas de casa, pois para cuidar da neta tive que sair do emprego”, finaliza a mulher.

Beneficiados – Para participar deste programa, a família precisa ter renda per capita inferior ou igual a meio salário mínimo, morar no estado há pelo menos dois anos e não ser beneficiada por outro programa social com esta finalidade, a não ser que com a ajuda de outros programas a renda continue sendo de meio salário mínimo.

Este decreto assinado pelo governador André Puccinelli (PMDB) e pela titular da Setas (Secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social), Tânia Garib, foi publicado hoje (4) no Diário Oficial do Estado.

Famílias beneficiadas pelo Vale Renda recebem 13º no dia 14 de dezembro
Cerca de 60 mil famílias beneficiadas pelo programa Vale-Renda receberão no dia 14 de dezembro o pagamento do 13º salário, a exemplo do que será feit...
Beneficiários do Vale Renda recebem hoje 13ª parcela; R$ 7,8 mi no total
Está sendo liberada hoje a 13ª parcela do Vale Renda, programa social que atende 60 mil famílias em Mato Grosso do Su. O valor é de R$ 130. O Vale R...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
TSE: regras eleitorais deixam dúvidas sobre fake news e autofinanciamento
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (18), por unanimidade, as 10 resoluções que irão regular as eleições de 2018, mas ainda ...


Acho que um filho só é suficiente.
 
Ivan Ilitch em 04/02/2014 16:44:12
É ISSO AI!!! TRABALHAR PRA QUE???
 
Jaime Fernandes em 04/02/2014 15:07:23
Daí vai até dar pra comprar calça pras jovens de 13 (OU 15) anos, que "como muitos sabem, e MAIS DE 300 REAIS..."
Os sres e sras estão lembrados?
Pra quem não se lembra... vai o link (no meu facebook):
https://www.facebook.com/photo.php?v=622999801051444&set=vb.100000242903433&type=3&theater
 
Paulo Leão em 04/02/2014 14:14:04
E assim perpetua o populismo no governo, aliado com o comodismo da população carente alienada.....
 
Daniel Vieira em 04/02/2014 13:58:35
E o povo sendo comprado com os impostos pagos por quem trabalha! Brincadeira os depoimentos: filho de 18 anos, que não trabalha, que tem filha de quase um ano, pessoa recebendo dois benefícios, e assim vai!
 
João Dias em 04/02/2014 13:22:37
SOU TOTALMENTE CONTRA ESSES BENEFICIOS COM FINS DE POLITICAGEM;TENHO 1 FILHO;2EMPREGOS;CHEGO NO MEU SERVIÇO AS 5 DA MANHA;E COMEÇO OUTRO DAS DAS 14 AS 21HS;QUEM NAO TEM EMPREGO.;NAO TENHA FILHOS FEITO COELHO;GENTE PELO AMOR DE DEUS.E QUANDO ESSA MAMATA ACABAR;COMO SERA O FIM DESSAS CRIANÇAS QUE VEEM SEUS RESPONSAVEIS;ALGUNS SEM TRABALHO MAS TIRANDO O DINDIM DO BANCO...
 
rejani rilke em 04/02/2014 13:22:34
É...muito bem!! ...recebem auxílio do governo, leia-se dos cidadãos que pagam os muitos impostos, e então acaba de "parir" um filho e já providência outro...! Junto com a tal bolsa família deviam distribuir pílulas para que a reprodução desenfreada não continue..se não pode sustentar os filhos porque então tê-los?! A senhora da foto sustenta a neta...e a filha tá onde? trabalhando? duvido!!! e a outra tem dois filhos pequenos e que já passavam necessidades e outro ainda no colo ...ano que vem se forem lá fazer nova entrevista ela vai estar com mais um filho na barriga ...para o Governo sustentar...Deviam distribuir trabalho e emprego e não essa ajuda que na verdade vicia quem já não gosta de trabalho.
 
Magda Correa em 04/02/2014 13:00:53
Acho isso muito ruim para economia pq com esse monte de auxilio que o povo recebe fica difícil achar pessoas que realmente quera trabalhar, com as falhas que esses programas assistenciais tem não sei que mais bolsas vão inventar.
 
junior pereira em 04/02/2014 13:00:49
O que o governo tem de fazer é um mapeamento destas família que recebem o vale-renda e fazer laqueadura nas mulheres a partir do segundo filho! Se a mesma não aceitar, que cancele o beneficio. Fazer filho para o mesmo sofrer é crime, olhe a mulher da matéria e diga se a mesma tem estrutura para ter 4 filhos? Diarista, com 25 anos e 4 filhos pequenos? Nem esperou se estruturar entre um e outro, com isso quem sofre são as crianças porque se ela se importasse com a vida não traria filhos ao mundo para passar necessidades!
 
Alexandre de Souza em 04/02/2014 12:04:58
Falou tudo Fernando Abreu!!
 
Etiene mendonça em 04/02/2014 11:49:47
ai o povo pega o valor , compra celulares caros e a barriga continua roncando ! sou mais o sacolao da época do zeca
 
fernando abreu em 04/02/2014 11:16:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions