A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/11/2009 17:28

Governo tem 5 mi para Unei, mas projeto não sai do papel

Redação

A promotora de Justiça da Infância e da Juventude do MPE (Ministério Público Estadual), Vera Aparecida Frost, realizou vistoria na UNEI (Unidade Educacional de Internação) Dom Bosco, na saída de Três Lagoas, na manhã desta sexta-feira. A vistoria foi ocasionada pela rebelião ocorrida na última quinta-feira.

De acordo com o MPE, ficou constatada a superlotação, um dos motivos do motim. E segundo a promotora, alguns agentes teriam agido com "truculência" durante a vistoria nos alojamentos.

A superlotação no local aconteceu por causa do fechamento da UNEI Novo Caminho, no bairro Los Angeles, que passa por obras. Assim, os adolescentes foram transferidos para a unidade Dom Bosco. Segundo a promotora, há cerca de um ano e sete meses o MPE solicita ao governo do estado a construção de uma unidade com capacidade de 90 internos e a reforma das unidades existentes.

Segundo relatou Vera Frost, a Sub-Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, ligada a Presidência da República, informou que existe verba disponível de R$ 5,2 milhões para que o estado construísse unidades de internação para adolescentes. Porém, o governo ainda não teria decidido se construirá em Campo Grande ou em Três Lagoas.

De acordo com a promotora, a construção deve ser feita na Capital, pela grande incidência de internações, cerca de 5 a 10 somente nos finais de semana.

O superintendente de assistência socioeducativa, Coronel Hilton Vilassanti, não foi encontrado para comentar as declarações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions